Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GISA EMBREAGADA E O INQUILINO

Click to Download this video!

Semana passada fomos a uma festa no Sábado a noite, coisa de família, e lá tomamos todas mas eu o Corno procurei ficar lúcido, acompanhei na cerveja mas fazia questão que Gisa empinasse mais os copos.

Depois da noitada fomos pra casa lá pelas 2 h da manhã. Abrindo a porta percebí que o BE estava novamente assistindo os filminhos dele. Cumprimentei e levei Gisa pro quarto quase desmaiada. Dei um café pra ela e fui tomar banho.

Nesse meio tempo deixei o chuveiro ligado fui espiar se o BE continuaria na sala.

Olhei no sofá e sá ví a TV ligada. Fui espiar no quarto, pé por pé. A porta estava entreaberta e a janela sá com os vidros fechados pegando toda a luminozidade da rua. Dava pra ver bem a cama e todas as cenas mas meio escurecidos. Demorou um pouco pra acostumar minha visão.

Gisa de vestidinho vermelho já na metade da bunda e com a calcinha aparecendo. BE estava beijando ela na nuca e bulinando a bunda, metendo os dedos por cima da calcinha mesmo. Ela sá murmurava "Vai dzzormi... meu maridzzo já ssá vindzzo fra cama..."

BE irredutível disse que já ia sair assim que gozasse naquela bunda gostosa. Fui ao banheiro e desliguei o chuveiro, voltei correndo pra continuar espiando.

BE pegou ela de 4, puxou pela cintura e começou ajeitar o pau. De roupa e tudo, ele forçou até que rasgou a calcinha, foi enfiando ela reclamava mas não conseguia fazer nada. Então percebendo sua impotência, Gisa começa a pedir mais, "Ta bom, mas então me rasga todinha, quero ficar bem lambuzada, me enche de leitinho vai meu branquinho. Mas quero muito beijo tá..."

BE se debruçou por cima dela enfiando lentamente e beijando-a no pescoço, orelhas e demoradamente na boca. Gisa, a cada 2 minutos desmaiava. BE então pegou ela de 4 novamente e começou a socar. A cama batia na parede. Ele nem se importava. Sem conversar com ela, em 19 minutos gozou na buceta dela. Encheu. Gisa se virou e pediu mais beijo. BE subiu em cima dela novamente e começaram os amassos. Gisa dizia "nooossa, quanto leite, naquela noite lá na sala não deu pra fazer isso né? Até parece que estou menstruada. Quanto leitinho, meu marido não goza tanto assim, pena que não foi na minha boca. Agora vai pra sala vai. Na práxima noite quero te dar uma surpresinha bem apertadinha, tu vai adorar mas agora me beija mais vai, humm assim aai to gozando.. uuuhhh.Meu gosozinho alemãozinho "

Logo depois BE saiu do quarto se escondendo e muito depressa. Tanto que nem me viu ao lado da porta abaixado.

Depressa eu entrei no quarto, tranquei a porta e sem perder tempo arregacei as pernas dela e caí de boca naquele bucetã arregaçado por outro macho. Gisa meio desnorteada sá dizia "chupa, isso vai gostozo, isso é o que o nosso inquilino deixou pra você. Que delícia ver o meu corno chupando minha buceta toda melecada e arrombada, assim vou gozar de novo. Chupa, chupa aaaiii deliiiiiiicciia.. Bom, no fim das contas eu gozei muito feito louco, lambuzei toda a cama mas Gisa não conseguiu então ela já me xingou dizendo "mas o que é isso, não consegue se controlar? e agora... aaah não, eu vou ter de dar um jeito nisso". Ela veio até o meu pau e chupou, mesmo mole, chupou bastante, depois me deu um beijão na boca e meio cambaleando, passou o seu perfume e saiu do quarto pra ver o BE. Este que nesta altura já estava dormindo.

Eu, como um bom corno, fui atraz pra espiar mais uma vez.E socando uma punheta ví ela entrar no quarto dele. Como ela tem medo do escuro, pediu que ele deixasse a porta do banheiro do quarto aberta.A luz do banheiro iluminava a cama. A porta do quarto estava também aberta devido a um problema nas dobradiças, já de propásito, é claro.

BE estava deitado de barriga pra cima sá de toalha enrolada na cintura. Certamente havia tomado banho depois de comer minha esposa desmaiada e, cansado, apagou na cama. Gisa chegou de mansinho afastando a toalha e da mesma forma, sem as mãos, foi abocanhando o caralho do seu amante. Gisa sugava com força e BE acordou, percebendo a situação, ele agarrou a cabeça dela e forçava contra seu pau.Gisa se engasgando elogiava o cretino, quando numa das estocadas na boca dela BE não suportou mais e gozou como sempre inundando sua garganta e espirrando no rosto dela.

Gisa limpou tudo, tirou a calcinha rasgada e deitou ao lado daquele alemãozão. Dentro de mim havia uma mistura de sentimentos, ciúme + tesão, mas sá de olhar e escutar tudo aquilo eu já tinha gozado 2 vezes.

Ela ficava se esfregando nele e beijando feito namoradinha. BE, meio cansado, ficava mais na dele e aproveitava a situação. Gisa ficava bolinando o mastro de BE que logo ficou rígido como um osso. Não era muito grande mais ou menos 19cmx5ou4 sei lá. Mas tinha uma energia. Gisa logo subiu em cima dele e sentou feito uma vadia.

Primeiro foi de vagar, sentava e levantava lentamente. Depois começou a rebolar e pedia quase gritando " soca, SOOOCCA, ENFIA TUDO, ME CHAMA DE PUTA, ME ARREGAÇA DE NOVO, ME ENCHE DE LEITE MEU AMANTE GOSTOSO. Tú dá de 19 no meu marido. Ele tem um pauzinho de 15cm e goza sá de encostar em mim. Tú não, tú é um cavalo gostozão. ENFIA VAI, FODE FODE FODE AAAHH, ÃÃÃÃÃIIIIM"

Disse também que todas as noites iria dar muuuuito pra ele até ele gozar e depois ia me esperar na nossa cama toda gozada. E era pra ele comer Gisa no nosso quarto que ela sempre quiz fazer isso.

BE não aguentou e pediu pra comer o cúzinho dela. Gisa sá saiu um segundo de cima da pica dele lambuzou o cú e sentou forçando a entrada e pedia pra ele "Agora quero que vc tente enfiar de uma vez sá, vai vai. Soca duma vez".BE atendeu e conseguiu enfiar tudo na primeira estocada. Gisa soltou um berro e caiu em cima dele beijando muito. Sugava a lingua dele, mordia o pescoço e voltava pra boca dele até que os dois começaram a gemer juntos. Gisa avisou que ia gozar e BE sentou abraçando ela e chupando os seios dela, Gisa pegava o rosto dele e beijava chupando também sua boca. BE enfiava os dedos juntos com seu pau no cuzinho dela até que gozou também. Os dois ficaram se beijando ainda por uma meia hora. Gisa saiu do quarto dele e me viu parado na porta.

Me deu um beijinho na boca e no meu ouvido me chamou para o quarto dizendo " agora eu quero um banho de lingua e se tú quizer gozar de novo, fique a vontade. Se quizer comer o que sobrou, também pode. Agora eu já fiz tudo o que eu queria fazer. Gozei, chupei, tomei leitinho, dei meu cuzinho pra gozar, to toda arregaçada e bem fodida. Pode fazer o que tú quizer comigo tá, meu corninho particular".

Fomos pro quarto e já era 4h da madrugada. Chupei, beijei e comí essa PUTA DA ZONA em quem minha esposa se transformou. Ela nem sentiu nada e acabou dormindo comigo em cima dela.

Quando terminei ela me beijou deu boa noite e virou aquela bunda gostosa pro meu lado. Pegou meu braço e passou por cima dela para que eu a abraçasse. E assim dormimos as outras 4 horas.

Pela manhã no café, BE estava com o pescoço todo chupado com ematomas e Gisa também tinha algumas marcas. Eu fingí que não ví nada, apesar de Gisa estar com uma businha decotada de alcinha e bermuda de ginástica pra mostrar o bundão pro BE.

Adorei esta noite.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos dei no velorio do meu maridodei a xana contos eroticoscontos eroticos de vovoconto erotico fudendo a velha feia e sujawww.contos de incesto deixei meu tio chupar minha bucetinhacontos eroticos de afilhadas novinhas.contos mulheres casadas adoram ser humilhadas e castigadas pelos maridos e amantescontos gay menino hormonio virou mulhernovi bateno sirica e hosano fostosotanga contos eróticoscontos travesti vendo mendigo mijando do prédio contoscolocando a prizilha na bucetaContos eroticos de podolatria com fotos chupar pes de primasContoseroticos meninas novinhas estupradas pelo amigo do paiContos eu e a esposa mais meu amigo dormimis na nossa camaconto arrembentei o cabaço da minha filha deliciaporno gey pegando priminho adolesente e jovem tanbemgarotinho teen gemendo no pau e rebolando gostosocontos eroticos comecei antes de menstruarcontos eróticos alemao me fudeu e o meu marido descobriuporno morena virou cola mao colada e dacontos eroticos o padrasto da minha amigaconto erotico exibindo pro filhocontos cunhada se asanhando na frente do maridominha esposa tranzou com todos sem camisinha,l ela tava bebada. contocontos erotic quarto empregadaporno a brino. abuceta da. velha 70 anoporno bundas de morenas com cabelos longos mastubandossexominhas tiasminha mulher adora ser brechadacontos de ninfetas sendo masturbadas em lan rousemulheres peitudas contos eroticosluna.contos.eroticostransei com minha cunhadinha de shortinho curto me provocandocontos de luta e cornoacordei com apica do meu filho enfiada na minha bunda contos pornoContos excitantes sou gaúchaminha sogra pediu pra ver meu pintoconto erotico chefe do meu marido me bolino por de baixo da mezaContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar pes de primas dormindo ou fingindoWww Contos eroticos sobre como foi a primeira vez no sexo com uma mulher mais velha .comchupando coroa empinadinha boa de f***meu patrão pervertido , tive que sentar com o buceta para não perder o emprego contoCotos erotico cuidando da novinhaconto erotico marido convida amigo pra casa e nao tira olho das calcinha da esposa do varalcontos buceta completamente peluda irmã de calcinha pela casaporno contos me vinguei da minha sogra com um cavalocontos eroticos menininhavideo punheta imaginado rosecontos eroticosmeninos iniciados por avosconto erotico de filho pau de cavalorabinho impinadinho em fio dental da irmaconto gay na praça com heterocontos eróticos de primeira vez de um honem com outroContos tia de saia curtarelato casada dandocu em fesPadrinho iniciando afilhada novinha contos eroticoscontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroseu quero ver buseta melado macamaprimeira vez em fraldas tesãoporno travesti rosadinha menininhasubrinho ve tia fazendo sexo araz da portamalandrao dando o cuzinho pra boy malhado contocantos eróticos de meninas brincando e sendo estrupadas pelo próprio familiarcontos.eroticos.co.com a professora detalgadocontos mulheres casadas adoram ser humilhadas e castigadas pelos maridos e amantescontos eroticos madrasta cadelinha chora e goza na pica do enteadocontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigoesfriamento velho comendo enfiando chupando a b***** da mulhercontos casei virei vagabundacontos eroricos de menina virgens que adorou ser estuprada pelo opadrasto e seus amigoscontos eroticos gozou na mãorelato da tia grávida transando com sobrinhocomo da a buceta direutinhoconto erotico enfiou vela acesa na minha bucetaContos eroticos com loucuracontos novinhoConto de puta estuprada pelos mendigoscontos de bundas gigantes de vestidosconto estagiaria chefecontos eroticos de primos com primas que engravidamcunhadas esfomeadasconto gay meu professor musculoso me comeucomo me tornei viado parte 3 contpscontoseroticos me fode tiocontos eroticos com velhocontos travestis praiacontos fudendo assessora ninfetaa minha primeira vez com sexo canino contosnovinha gostosa dando a bucetinha bem gostosinha bem branquinho bem aspaCheiro de rola de machos de academia suado contos gays