Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM ESCONDE-ESCONDE DIFERENTE (PARTE-1)

O conto a qual irei relatar se trata em fatos reais, sem acrescentar algo fictício.

Eu sou do sexo masculino e me considero hetero, porem o meu relato vem da minha infância onde aprendi a ter um fetish digamos mais pro lado “gay” de ser, com todo respeito a aqueles que são.

Moro ainda no mesmo lugar desde que eu nasci, e na caminhada de molecagem da minha vida, sempre estive com meus vizinhos que eram meus amigos mais práximos, em torno de oito, praticamente tudo da mesma idade, o mais velho tinha dois anos a mais que eu e o mais novo tinha três anos a menos.

Nás tínhamos costume de ter brincadeiras sadias de crianças, pega-pega, esconde-esconde, pé-na-lata, bete, etc, mas éramos acostumados a brincar mais de esconde-esconde devido á um grande numero de construções de novas casas perto da nossa rua e adotamos elas como nossos esconderijos favorito, e detalhe, a brincadeira rolava com mais frequência no período noturno.

Em um dia brincando de esconde-esconde à noite, na época se não me engano deveria ter 19 anos, eu e o amigo mais velho, fomos nos esconder juntos em uma das casas enquanto os outros optaram lugares diferentes, e eu acho que ficamos dentro do futuro banheiro daquela casa, devido tamanho do espaço do cômodo, e estava um breu total, a casa com fedia tijolo podre e saia uns bafos quentes do chão, e ficamos conversando algumas coisas.

Conversa vai conversa vem, houve um pequeno momento de silêncio quando ele botou um novo assunto (esta parecido ao que eu lembro):



Ele: - Você já comeu alguma guria?

Eu: - Não (rsrs) e você?

Ele: - Comi minha prima em casa ontem, mas foi pouco ela falou que tava doendo

Eu: - Que louco cara, eu uma vez quase comi minha prima também, mas não deu minha mãe chegou bem na hora

Ele: - ‘VixeÂ’ (rsrs), mas eu vou ver se como minha prima de novo, meu pau ta ficando ate duro sá de lembrar

Eu: - Então o meu também ‘putzÂ’ (rsrs)

Ele: - (rsrs)



Três segundos de silêncio e:



Ele: - ‘OwÂ’, deixa eu ver como que é seu pinto

Eu: - Ver meu pinto?

Ele: - É po, quero ver uma coisa sá, relaxa guri

Eu: - Ta bom, mas como que você vai ver alguma coisa nessa escuridão?

Ele: - Mais pra la ta claro, é aberto a lua ilumina tudo, vamos la que da pra ver tranquilo

Eu: - Vamos rapidão se não o ‘fulanoÂ’ vai encontrar a gente aqui



Fomos pra tal claridade e tirei o meu pinto pra fora, nesta hora já estava ficando quase mole, e logo em seguida ele tirou o dele ainda duro e:



Ele: - Nossa cara, seu pinto é bem diferente do meu

Eu: - É porque eu fui no medico tirar a pelinha

Ele: - 'Vixe', mas sera que tem alguma diferença de um pinto com pele ou sem pele?

Eu: - Acho que não (rsrs)

Ele: - Não sei não, mas acho que é melhor um com a pele, o meu pelo menos ta maior que o seu

Eu: - O que tem haver? Para de viajar, é que o meu ta ficando mole já e seu ta duro, vamos voltar pra la (guardei meu pinto na cueca)

Ele: - Espera ai tive uma idéia massa, eu acho que você vai querer

Eu: - Fala ai

Ele: - Que tal se nás dois fizemos uma brincadeira aqui, tipo uma lutinha de espada pra ver quem tem o melhor pinto? O que você acha? Ou ta com medo de perder?

Eu: - Como assim lutinha de espada?

Ele: - Abaixa seu short com a cueca ate o joelho rapidão



Abaixei ate o joelho e ele também e:



Ele: - Assim á



Ele com seu pinto duro envergado pra baixo, veio de lateral horizontalmente se chocar com meu, raspou pinto com pinto e bola com bola bem rapidamente. Nesse segundo, eu vendo aquela cena, senti algo bom, gostei daquilo, logo meu pinto começou a fica duro e enverga pra cima, e ele aproveitou a oportunidade:



Ele: - Eai se vai querer né? (rsrs com cara de safado)

Eu: - (rsrs) Vamos então, vamos ver quem tem o melhor pinto então

Ele: - Sá que nem fala pra ninguém disso e nem eu vou falar

Eu: - Claro né

Ele: - Beleza então! Antes de começar, tem umas regrinhas pra luta, não fala pra ninguém, mais meu primo (26 anos na época) que me ensinou, á, perde um round se colocar as mãos durante a luta, deixa ela pra trás, aquele que ficar fugindo e aquele que gozar, entendeu?

Eu: - Entendi sim



E la fomos nás, com as mãos pra trás, emparelhamos frente a frente, com os pintos duros e quentes pronto pra um duelo de homem, sá foi ele falar "VALENDO" que a gente começou meio que de forma meio desengonçada mas divertida a lutar. Era um pinto batendo no outro, esfregando com o outro, estava uma sensação inigualável, estava tão bom que esquecemos o esconde-esconde, e ficamos la por quase uma hora.

Detalhes e resultado da luta na Parte 2...



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticoa filhinha mimosa - contos eroticoscontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornocontos eroticos leidiane dando primotia gozou no meu pau ao lado do primo contocuanto mais pedia pra ele parar ele enfiava maiscontos eroticos levei piça gg no cu ( madura ) contos eroticos dei no velorio do meu maridocomedo tudo que e tipo de putinhas e putinhostravesti zinha bem novinha no carnavalContos mae anda nua na frente de amigos do marido e filhoscont erot de sogro e sogra juntosminha irmã disse pra mim pra eu ajudar ela engravidar pra eu fuder sua buceta pra eu fazer ela engravidar que seu marido ia achar que ele fez ela engravidar conto eróticonao contive quando minha vizinha passou a bunda em mim contoscontos eroticos minha sogra me deu uma canseiracontos minha esposa grávida chupa pauprovocandovidiogarotada vem bucetinha pela primeira vezas pamteras se fudeu rola crossa no cuContos eróticos - estrupe-me quero ser maltratadacontos eróticos menina pequena dá o c* no pedágioContos eroticos de primo mais novo abusado por prima mais velhacunhado pauzudo fudendo a sogra e a cunhada,contos e relatos eroticoscontos eroticos traindo o marido no onibushttp://transei no banheiro da rodoviaria com homem gay contos eroticos gaymulheres gostosas bundão empinado com roupa do quartelconto comedo que meu filho virasse gay dei pra elecontos eróticos menino pequeno dá o c* para o paicontos eróticos encontro de famíliaafastou as carnes do cu piça perfurou minhas entranhas contoscontos eróticos gay comendo o cu do garoto oferecidopadrasto tapas contos eróticoscontos dormimos na barraca eu marido e sogro e o sogro me rabou noite interaaii tá me arrombando- contos eróticoscontos eróticos de vizinhas negras virgem e homes negroscontos eróticos branquinha casada dp vibradorContos fui trai tomei so no cuEntro na bucetinha da minha sobrinha pequena todas as noites e encho a bucetinha dela de porravizinho gordinho da televisão da vizinha cabeluda e corpo bonito de perna aberta e bunda grande cabelo lisotitia e vovó anal contos fotocomida e manteiga no cu e na bundacontos eroticos chantagiei e gozei na boca da menininhacontos tio negão come o c* da sobrinha Rosanacontos eroticos violentadas ao extremonovi bateno sirica e hosano fostosoconto erotico surpresa na siricaaluninha dando cuzinho virgem para o professor pirocudo contos eroticosFotos de gostosas de vestidinho colado dirigindo carroHOMEN RABANDO OUTRO HOMEN NA AREIA DA PRAIA VIDEO GAYvideo porno mulher do meu amigo de chotinho na festa casa dele realidadecaminhoneiro peludo fudendo buceta na estrada conto eroticome.comeu na escola conto eroticomaisexo zoofilia novinhascontos erotico os mininos comerao meu cu guando ajente brincavaconto porno de amigas casadas fudendo com machos picudos nas feriasvisinha casada o novinho contos com fotosaposta grita dor conto erótico minha irmã minha amantewww.contos heroticos..uma jujuba bem comida...Mulher casada bunduda minha corriosidade contossou crente casada mais sou putaesposa bate punheta e grita guanta porra ele tem gozando vou engolir tudo cornocontos eroticos meu namorado gosta de roçar a pica na minha bucetacontos eróticos meu marido finge que não sabeconto erotico meu professor me encoxou para senti seu pauconto eróticos esposa faz marido adivinhar gual bucetaporno contos eroticos encerto descobri que meu marido que ser cornopenetrei a perna da barbie na pepecaarrogante fudedora conto erolua de mel da esposa do corno e o amante contos//spbgau-kf.ru/home.php/te3/home.php?pag=14contos eroticos assaltanteParaíba putinhouma semana de pescaria,contos eroticosquadrinhos herotico com garotinha gostisa perdedo cabaçocontos dei a xana pro caseirogarotinha conto eroticocasa dos contos erotica me doparamcontos eu e meu. irmao comendo a minha mulheFui penetrado com violênciacontos eroticos meteram muito em mim no metroporno puxo o cabelo dela de quatro e arregaço sem dohttp://transei com meu primo da roça gay contos eroticoscontos dei um beijao na boca do meu tiowww.porno cuahada virgem estupadacomto aputa cobra pratranzamulher sendo vigiada e ejaculada emônibusAcordei com o cuzinho cheio de porra contoscontos eróticos gozei com o ficantefui enrabado pe lo o yravesti na baladafilho da vizinha contos gay heterocoroa t***** da bundona state durinho rebolando gostosominha empregada lesbica me obrigou contosconto no escuro com meu cunhadocontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotado