Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O PAI DO MEU IRMäO

Click to Download this video!

Antes de escrever qualquer coisa quero deixar bem claro que nunca comi e nem quero comer a minha mäe, mas näo posso esconder que ela sem mim näo existiria como mulher (sexualmente) falando...



A minha mäe cortou um dobrado com o meu pai nos primeiros anos de casada... Meu pai era um beberräo do tipo beber, cair e ser carregado pelos ``amigos`` A minha mäe aguentava calada, pois, meu pai era muito nervoso e ela näo tinha nenhum parente por perto...



Na ëpoca eu tinha 9 para 19 anos e sofria junto com ela, pois, eu tambëm näo gosatva de ver meu pai chegar quase todas as noites carregado por "amigos"... e quase sempre por um (amigo) chamado jurandi... Os dois eram como unha e carne viviam junto o tempo todo... meu pai faltava pouco dormir com o jurandi...



A minha histãria de cumplicidade com a minha mäe teve inìcio numa dessas noites de bebedeiras do meu pai com o tal de jurandi... Nessa noite eles näo sairam para beber, eles beberam em casa, na varanda dos fundos, eles bebiam e ouviam umas musicas horriveis, enquanto eu e minha mäe assistia-mos tv na sala... Notei que jurandi passou a trazer tira gosto e que a cada vez que trazia, ele olhava para minha mäe com uma cara estrnha... Näo posso deixar de descrever a minha mäe (1,60 - 55 a 60 kg - olhos verdes - ruiva - um rosto de boneca - cinturinha e bunda grande)na época...



A noite foi se passando e a minha mäe colocou uma camisola para dormir... ela me levou para sua cama e acabamos pegando no sono... acordei e fechei os olhos rapidamente como que fingindo estar dormindo e com os olhos seme-serrados, vi, acrditem se quiserem o jurandi sentado na beira da cama acariciando abunda minha mäe... A minha vontade era pular em cima do jurandi,mas ao mesmo tempo eu gostava do que via... derrepente minha mäe deu um pulo da cama e perguntou se ele havia perdido o juizo... Continuei fingindo que estava dormindo... escutei quando jurandi falou com minha mäe que já havia colocado o meu pai no sofar da sala e que ele dormia feito uma pedra... Minha mäe irritada falou umas besteiras com jurandi me lembro que ela disse( já tenho problemas demais com um cachaceiro) Jurandi sem perder tempo emendou( sá que esse cahaceiro aqui, bebe e näo cai pelas ruas e se tiver uma xota carente, fode a noite inteira)...



A minha mäe pediu a Jurandi para ir embora e lhe acompanhou até a porta dos fundos (da varanda que rolou a bebedeira) notei que minha mäe demorava a voltar entäo levantei sorrateiramente e fui espiar o que acontecia... Jurandi engravatava a minha mäe com uma das mäos e com a outra libertava a piroca... É bom lembrar que o Jurandi era um cara muito forte e grandalhäo era o triplo do meu pai... Num movimento brusco Jurandi baixou minha mäe pelo pelos cabelos até a aultura da cintura esfregando a piroca na cara dela (amigos leitores que piroca)... Mesmo com medo da minha mäe sofrer alguma coisa, eu näo coseguia parar de gosatar, e com o passar dos minutos notei que mamäe estava um pouco mais entregue e fazendo o que Jurandi pedia (chupa aqui, chupa ali,etc)...



Jurandi deitou mamäe sobre a mesa que beberam, tirou-lhe a calcinha e chupou a sua buceta durante um bom tempo, minha mäe gemia de prazer... eu ouvia o salivar e os chupöes estalados da boca do Jurandi... Derrepente ele se levantou acariciando a piroca posicionou-se no meio das pernas de mamäe esfregando a piroca na buceta... ouvi a minha mäe pedindo para colocar com carinho... Pedido feito, pedido aceito!!! Jurandi empurrou a tora bem devagar até onde coube (sobrou piroca) e foi almentando o ritimo aos poucos... pegou ela por traz... e de tudo quanto foi jeito... mas o momento que eu mais gostei foi quando ele a pegou de frente segurando-a pelas ancas e no colo, ela pendurada na nuca dele... as estocadas foram foram ficando mais forte, a minha máe pedia para parar, mas quanto mais ela pedia mais forte e fundo ele metia...Jurandi foi diminuindo o movimento e almentando os gemidos minha mäe tentou tapar a boca dele, o que foi em väo, o homem parecia um urso enfurecido... deu umas duas estocads mais fortes e profundas e parou... Ele colocou a minha mäe no chäo, ela estava com as pernas bambas e de sua buceta escorreu um mar de porra...



Jurandi havia me visto naquela noite, tanto que conversamos eu, ele e a minha mäe sobre o acontecido e o que aconteceria... depois de trinta anos, eu tenho quase duas certezas... de que jurandi mudou a maneira de pensar da minha mäe quanto a fuder com outros homens e de que Jurandi à engravidou e é o pai do meu irmäo marcio...









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos zoo meu marido sem eu saber viciou o cao passando minhas calcinhas para ele cheirartransando com minha cunhada ela chupando meu pau aquela boca vermelha de batomtoquei uma punheta pro cara enquanto ele dormi relatosreais flagrei o garotinho lanbuzado de porraconto erotico dona de casa casada cantadafizemos sexo bi com um estranho contoconto erotico homens velhosporn pros.comdp grandelalargado na buceta.conto erotico virei puta e meu marido cornocontos eróticos dormindo junto com o cunhado relatos eroticos travesti tirou os cabacinhos das novinhas chorou muitocontos eroticos dentista coroa casada tarada por sexovizinha abrindo a cortina contoscontos cavalonas apaixonadasContos fiquei bebada e pedi pro meu marido me levar no puteiroMeu vizinho me pegou peladinga quando eu tinha doze anos contos eroticozcontos de estupro pelo caseirocadastro dormindo e Thiago chupando seu paucontos eroticos de incesto mae ver o pau duro do filho fica excitada e grande filhoxvidiocom. com.com muleri.comgozono.com.mutoMe comeram ao lado do meu namoradoContos.encesto.na.cadeiaContos erroticos visinho fodedo novinhafui pega no flagra contos eroticoscontos eróticos de bebados e drogados gaysconto esposa chama nome de outro machoconto porno come o cu da minha cunhada e a amante e sua amigacontos eróticos gozei ficou loucacontos estrupei minha vizinhaconto erótico de empregada lésbica bolinando a inocentecristian. casa dos contos eróticospau na boca da namorada dpcontos lu casadaContos dei para meu filho roludominha cunhada solteira ela nunca foi casada ela e a irmã mais velha da minha esposa eu levei ela pro motel eu tirei a virgindade da buceta dela minha cunhada disse pra mim que eu ia sempre eu ia fuder sua buceta conto eróticomeu cao meu machoSou casada fodida contocontos eroticos teens puteirocontos eroticos primeira vez no cuzinho da esposachupei a bucetinha carnuda dela contosconto de ranquei cocó do cu do novinho que chorou na minha pica grandecasa erotica meu amigo dormiu na minha casa e eu virei cornoSou casada e adoro usar baby doll curto contosso punhetinha contosno trem uma coroa ficou acareciando meu pau verídicoconto erótico chupada do nada escondida mel sugar babarcontoerotico virgem pai 2filhasconto travesti me enganoucontos eróticos insertos tiaConto erotico bigodeCADELINha DOS homens e dos cachorro cpntp pornoconto erotico dei meu cu em um.lugar inuzitadoconto erotico super pau não aguentoucontos eroticos d csadas dando pra pivetescontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãocontos eróticos cuzinho da sograContos lesbicas no onibusconto prima virgem da buceta ensopada dormindo na minha camasou casada realizei o desejo de dar o cu com outro contos Contos eroticos engravideiUm homem com a pica gigante na Minha bunda de casada contoMimha mae me obrigava dar a peluda para o picudocontos eróticos minha prima foi dormir na minha casasubrinha adolecente tomando banho e foi fragada pelo tio taradocontos/ morena com rabo fogosonovinho do cuzao com chorte xvidiojovem mostrando os pelinhis fino ds bucetaporno tirei camisa ela pediu mãeVer novinhas caido ra rola ate urraconto erotico fiquei com ciumes do meu domPornolesbicascontosxvdio se figiu Q tava dormindo e vi meu.pai mim.cmoeconto negro taradoConfesso que sou corno ajudantecontos da casa eroticos de mulheres tendos os cachorros ou lobos lambendo suas calcinhas e fodendo elascontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoContos erotico zooo japonezacontos eróticos eu putinha cavalavideos porno sobrinha branquinha fugindo dos tios negoescontos eróticos bumbum grande no ônibusconto peguei meu marido estrupando a vizinhacontos eroticos feriado quitinete praiacontosminha enteada gosta de dar a bundsNovinha desmaia de tanto gosa conto eroticobrincadeira de lutar comi o viadinho. contoscache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"Sou casada fodida conto