Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FÉRIAS NA FAZENDA

Click to Download this video!

Olá. Meu nome é Laura, tenho 19 anos, 1,72m, 54kg, longos cabelos loiros, pele bronzeada do sol, seios e bunda de médio para grande. Tenho um corpo de dar inveja a muitas mulheres, e que faz os homens se apaixonarem, afinal malho desde os 19 anos. Meu padrasto comprou uma fazenda no segundo semestre de 2006. Ela fica a uns 300km de Porto Alegre onde moramos. Sempre gostei de animais, de andar a cavalo e de apreciar a natureza. Por isso decidi passar uma semana de minhas férias na fazenda, para conhecê-la, pois não tinha tido essa oportunidade por causa das aulas.

Pensando na viagem convidei algumas amigas mas nenhuma aceitou o convite, estavam mais interessadas em ir para o litoral, acabei tendo que ir sozinha, pois minha mãe e eu padrasto são muito ocupados. Meu padrasto me levou de carro no sábado e combinamos que iria me buscar no práximo final de semana.

Já fui para lá imaginando que seria uma átima semana, no meio da natureza, sozinha, na piscina, andando a cavalo. Sá que acabou sendo melhor que o esperado.

Chegando a fazenda depois de uma longa viagem fui apresentado ao caseiro que se dispôs a ajudar em tudo que eu precisasse, e a sua mulher que era quem cozinhava para todos, pois além dos dois viviam na fazenda mais 7 empregados que eram encarregados das lidas campeiras.

Para refrescar fui para meu quarto, troquei de roupa, botei um biquíni bem pequeno para que não ficassem marcas do sol, já que estaria sozinha ali e fui para a piscina. Meu padrasto foi até lá se despediu e partiu. Já era final de tarde, mas continuava bastante quente. Em determinado momento os empregados da fazenda começaram a voltar do trabalho e pude observar que havia uma casa onde todos moravam. Deviam ter todos entre 30 e 40 anos, não mais que isso.

O sol se pôs e fui tomar banho e me vestir para janta. A semana ia passando e eu estava nessa vida. De tanto observar os homens que trabalhavam na fazenda comecei a ter algumas idéias, que não poderia por em prática pois já estava por se encerrar minha estadia na fazenda.

No sábado meu padrasto iria vir me buscar mas na sexta-feira me telefonou para avisar que não poderia e eu teria ou que voltar de ônibus ou ficar mais uma semana. Como já estava com alguns planos em mente falei que poderia ficar mais uma semana sem nenhum problema.

O que já estava ficando bom se tornou ainda melhor quando o caseiro veio me dizer que iria viajar naquela semana para visitar sua filha. Iria ficar uma semana sozinha com sete homens numa fazenda por onde não passa ninguém, seria perfeito para meus planos

No domingo ao final da tarde ainda estava na piscina quando o caseiro veio acompanhado de todos empregados e disse que partiria cedo pela manhã e que eu ficaria na casa. Alguns me olharam como se não estivessem acreditando na minha beleza, afinal, pensei eu, eles devem ficar tanto tempo sem ver uma mulher que quando se deparam com uma mulher daquelas ficam loucos. Tenho certeza que a maioria já imaginou alguma coisa.

Ainda naquela noite soube que iriam fazer um churrasco, e beber alguma coisa, perguntei se podia participar e é claro que eles aceitaram. Fui para meu quarto, tomei banho e fiquei um tempo para escolher que roupa vestir. Acabei optando por uma calcinha fio dental bem socada no rabo, uma saia jeans não muito curta e um top sem sutiã que deixava os bicos marcados.

Na hora de ir para frente da casa deles onde seria o churrasco desisti da calcinha para me sentir mais livre. O churrasco ia bem, regado a muita cerveja, mas como não bebo sá fingi que bebia para poder me aproveitar de “estar bêbada”. Durante o churrasco senti que era o assunto da maioria das rodas de conversa. Como estava com a barriga de fora além de ver meu piercing no umbigo viam um pedaço de minha tatuagem que era interrompida pela saia. Um dos homens pediu para que eu mostrasse o resto e eu com carinha de santa disse que não poderia pois ela acabava num lugar...

É claro que depois de muita bebida o assunto acabou em SEXO, e eu muito curiosa perguntei a eles como faziam para passar tanto tempo sem ver uma mulher, me responderam que utilizavam as vacas para se satisfazer. A noite foi muito boa mas nenhum dos homens se atreveu a nada com a filhinha do patrão, então fui para meu quarto, peguei meu consolo, um pênis de borracha preto de 20X8 cm e fiquei brincando até pegar no sono pelada.

No outro dia pela manhã acordei um pouco tarde, tomei meu café e fui até a janela, pude observar que os empregados já haviam saído para trabalhar, tomei um banho, botei um biquíni minúsculo, enfiei no rabo e fui para a piscina aproveitar o sol. Estava de costas pra cima, com a bunda bem empinada quando percebi a presença de alguém por perto, me virei e vi que o peão me olhava fixo e tentou disfarçar, chamei ele para perto, ele começou a se explicar e eu falei que não precisava de explicação, que era para ele reunir todos empregados e levá-los até a sala depois do almoço que meu pai pedira pra mim fazer uma coisa.

Na hora marcada estavam todos lá, 7 machos e eu sá de biquíni. Falei a eles que meu pai havia conversado com uma médica e ela pedira pra fazer algumas medidas que poderiam indicar alguma doença, eles se olharam desconfiados, com razão pois era tudo invenção minha, mas aceitaram, falei que deveriam tirar a roupa e permanecer sá de cueca para que eu pudesse medi-los. Comecei com algumas medidas básicas que faziam na academia, quando já havia medido todos e observado bem o volume dentro de suas cuecas, falei para os quatro que pareciam ter os maiores pintos e falei que estavam liberados e que precisava um pouco mais dos outros três.

Os quatro saíram e os outros ficaram ali parados então falei que era para eles tirarem a cueca que eu precisava medir outra coisa, ai eles estranharam mais ainda mas sorriram e baixaram as cuecas. Eu fiquei parada e um deles falou: “não vai fazer nada” e eu respondi: “sá depois que todos ficarem duros e se precisarem de ajuda é sá falar”, logo botaram os paus de pé, eu fiquei louca e fui medi-los: o primeiro era o menor 13X5, o segundo 19X6 e o terceiro 15X7. Logo apás falei que era para eles se masturbarem para que eu coletasse o sêmen de todos, eles obedeceram e na hora do primeiro gozar perguntou onde era pra gozar, eu me ajoelhei em sua frente abri a boca e apontei com o dedo para dentro dela. Os três ficaram loucos e gozaram na minha boca, e para maior surpresa deles engoli tudo, não deixei nada fora. Eles ficaram sem saber o que faze e eu perguntei pra eles se ninguém ia tomar a iniciativa de tirar toda a minha roupa, pois eu ainda não estava satisfeita, não deu nem tempo de responderem os três vieram e arrancaram o meu biquíni e acabaram vendo aqueles seios duros e a buceta toda lisinha, sem nenhum pelinho, e minha tatuagem.

Logo todos estavam com o pau duro novamente, falei para os três ficarem na minha frente e comecei a chupá-los, tentava engoli-los o máximo que podia, até que um deles me pegou no colo e me levou para o quarto, me posicionou na beirada da cama e meteu tudo de uma vez na minha bucetinha, eu soltei um berro muito alto, então os outros dois deram o pau pra mim chupar. Ficaram se revezando, e nesse tempo eu gozei umas duas ou três vezes e parecia que eles não cansavam nunca, até que um deles gozou na minha buceta que ficou encharcada, ele saiu dando lugar a outro que logo gozou dentro da minha buceta que já não aguentava mais o terceiro também foi gozar na minha xaninha, que depois de tudo aquilo pingava porra. Eu nunca tinha feito algo daquele tipo, estava morta de cansaço, sem conseguir me mexer, mas muito satisfeita. Falei para os três irem, eles se vestiram e saíram dizendo que queriam mais, que a filha do patrão era uma puta incrível, que eles nunca tinham fudido tão bem com alguém antes.

Logo que reuni forças suficientes levantei da cama a fui tomar uma banho, nunca vi sair tanta porra de uma buceta antes, não acabava nunca. Fiquei quase uma hora no banho e quando sai pude perceber que minha buceta estava vermelha de tanto pau que tinha passado por ela. Já estava escuro, comi uma coisa e voltei para o quarto para dormir pois estava exausta.

A semana continua em outro conto, até aqui agradeço por terem lido este e votem nele,

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


xvideo mobile meu pai me castigoutransa shopping Interlagos contoconto erotico afeminado esposa dedos no cu consoloconto erótico gay incesto brincarconto comendo a coroa gostosacontos eróticos, esposa na praia de nudismo , bronzeadorconto erotico-engravidei do meu genroconto erótico de mulher traindo marido com amigo tarado contos de incesto amiga da minha tiapapai me ensinou chupar buceta conto eroticopassando protetor solar na mae do amigo contos eroticoscontos eroticos eu minha esposa e a minha sogra velha e gordacontos com a doença da minha mãe virei amante do meu paicomtos dei.pro pastor alemaoconto ela pediu pra pegar no meu pauContos zoofila comi mia professoracontos de menina nova perdendo o cabacocontos erroticos meu sogro bem dotado arronbo meuminha tia so de roupao contos eroticosContos de sexo virgem dor extrema membro grosso teen incestoconto erotico meu marido tirou o cabaço da minha amigacontos eroticos me levou.ao medicocomi a adilhada novinha loira olho azul contoconto erotico femino loira paty 2meu primo mobral contovidio antigos onde duas mulher chamos alguns homen pra transaren no sulper mercadinho xvidiocontos eróticos gordinhas na ginecologistapouquinho carnuda contoscontos eroticos com velhascontos eróticos pra lésbicas miga sapatagay mamando pirralhos contoscontos mulher fala pra o marido se dispoe a tirar virgindade do seu sobrinhofudendo discretamente de ladinho na Praia cheiahttp://googleweblight.com/?lite_url=http://idlestates.ru/m/conto_27789_a-filha-do-pastor-trai-o-maridinho-com....html&ei=1oTtrbBr&lc=pt-BR&s=1&m=808&host=www.google.com.br&ts=1495076218&sig=AJsQQ1AbXAP1GMmL_jJ_BMz5hNlYHPUBFQComtos eroticos com cumada novinhabaxinho do pau gigante impresiona casadaContos sogra fio dentalConto erotico na cama com a tia coroa puta.computinha desde novinha contos eroticosPornolesbicascontosxx videos de porno as mulhe que tei bodão i de xortiho curtiho trepando gostozomeu primo chupou meus peitinhos e engoli a porra dele contoscontos erótico noras assaltadascontos porno travestis estupros sadomazoquismouma travesti usou camisinha colocou na boca da mulher no filme pornôContos eroticos com animaiscontos eroticos de enteadascontos pagando aposta com um boquetecontos eroticos o muleque comeu meu rabox mulheres com mamilos inchado ecaido pornôContos eroticos ai mo seu pau ta me matando mete ai ai deliciosa aiiacordei com a pica no cu contocontos de incesto dez anosconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contoconto de sexo mulher peidor no caraponogafico morena25 gotojabotamos pra fuder contosconto erótico meu dono colocou um alargador em.mimCasada encoxada e enrrabada contocontos de sexo na chuva auii mete vaiividio de casais acariciante a buceta molhadaum conto gozando no motelgarotos de programa cu sem rasparcontos fui comer uma bct chegou na hora era homembronzeamento com a amiga greluda contoafinando a língua no cuzinho do cara para ele metendo gostoso nelaSou casada fodida contoxvideos minha matrasdo nu meu quato sexominha tia crente viuva contoscontos eroticos teens puteirocontos eroticos bia e as amigasrelato de mae dando a buceta para o filhocontos eroticos assaltanteconto erotico virei menina por ter cabelo compridomeu namorado me pega lanbuzada de outro contoboquete sem lavar baixarneginhi ta segurando essa novinhacontos eróticos visitandos os maridos presosconto escrito ese ano cavalono nuacontos tentei dar mas a buceta nao aguentoucontos eróticos na saída do paredão comendo c* virgemmete até o talo tio contocasa dos contos eroticos dei um tapa no rosto filho quarto chamei comer pizzafui assistir filme acabei chupandocomtos gozoticoscontos eroticos minha sogra mamou no meu pau e depoi choroulFlagrei minha esposa me traiu com negros de programa conto eroticotranso com meu cachorro todos os diascontos eróticos cuzinho da sogracontos eróticos i****** ensinei meu filho aleijadominha namorada apertando meu pau com a sua bucetaeu i a neguingo do porno