Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ALMOÇO DEPRAVADO COM A FILHINHA PUTA!

Click to Download this video!

Há aproximadamente dois anos, eu e minha esposa, Leila,

transamos com nossa filha, Sabrina.

A Sabrina se mostrou desde cedo muito safada, o que

logo despertou os desejos de sua mãe, que já foi dançarina

de boate (para não dizer que ela era puta)! A partir

daí, foi esperar a oportunidade certa para começarmos

nossa "farra".

Numa outra oportunidade, escreverei contando como começamos

a transar com a Sabrina, hj quero contar a última surpresa

que essa putinha por natureza nos aprontou.

Há uns dois fins de semana atrás, eu estava navegando

na internet, enquanto a Leila, minha esposa, estava

preparando

o almoço. A Sabrina estava impossível naquela manhã!

Apesar de termos transado logo cedo, ela não se satisfez.

Depois do banho não quis se vestir, passou a manhã inteira

andando pelada

pela casa e se masturbando. De vez em quando ela vinha

chupar meu pau um pouco, depois ia brincar com a Leila,

voltava a se masturbar, até que ela foi à cozinha dizendo

que estava com fome. Sua mãe lhe disse que estava fazendo

macarrão para o almoço e que não demoraria. Mesmo assim

ela pegou um pequeno copo no armário, colocou um pouco

de

leite condensado e saiu comendo. Veio até meu quarto,

onde eu ainda estava navegando, vendo fotos pornôs.

Ela começou a lambuzar seu consolo com o

leite condensado e enfiá-lo em sua xaninha. Depois de

tirá-lo, todo melado, ela o chupava e cuspia, deixando

seu brinquedo bem lambuzado... Eu já estava excitado

devido às fotos e ao chat que estava, aproveitei a deixa

para me virar de frente para Sabrina, tirei meu pau

e

comecei um suave e lento vai-e-vem, esperando que ela

viesse me chupar, mas, com um sorriso maroto, ela se



aproximou, deu um beijinho sapeca na cabeça vermelha

da minha pica e disse: "vamos papai, mamãe já preparou

o almoço!". Sorriu e saiu rebolando para a cozinha.

Confesso que fiquei desapontado, mas, tudo bem. Me

despedi

da garota da sala de bate-papo, terminei de salvar os

filmes e fotos que

estava baixando da net e também segui para a cozinha.

Foi, no mínimo inusitada, a cena que vi ao chegar...

Minha esposa estava com a blusa levantada e o sutiã

abaixado, deixando seus seios à mostra. Tinha os biquinhos

durinhos e estava toda suja de molho do macarrão; a

Sabrina,

tinha o rosto também sujo de molho e muito macarrão

espalhado

pelo corpo. Pude perceber que com uma mão pegava a comida

com o garfo, sempre deixando cair um pouco para fora

da boca, e com a outra mão se mastubava. Minha esposa

apenas sorria para mim, achando graça de toda aquela

cena.

Minha filinha então, olha para mim e diz, ainda de

boca

cheia: "vem cá papai, almoce conosco também". Ela me

puxou pela bermuda e me

colocou de pé ao seu lado, tirou meu pau da bermuda

e

começou a chupá-lo, ainda com muita comida na boca.

Vi

minha rola ficando vermelha

de tesão e molho de macarrão. Minha esposa apenas ria,

esfregando um cubo de gelo nos bicos dos seios.

Eu tinha o pau dolorido de tanto tesão. Ela chupava,

cuspia na cabeça do pau, massageava meu saco, chupava

minhas bola e salivava muito, fiquei todo melado de

uma

mistura de baba com molho... Minhas pernas já estavam

ficando bambas, eu apertava sua cabeça contra meu pau,

querendo ir até o fundo de sua garganta, a puxava pelo

cabelo e dizia: "isso filhinha, mostra para

mim que tua mãe te ensinou direitinho a ser puta! Chupa!

Chupa vadia!"

Ela percebeu que eu estava para gozar e parou.

- Esse macarrão está tão gostoso mamãe - disse Sabrina.

Mas acho que ainda falta um toque especial!

Aí, ela direcionou meu pau para seu prato de macarrão

e esfregou a ponta na comida. O calor da comida, que

cobria minha pica, era delicioso. Sabrina continuou

a

massagear meu saco, segurando meu pau com a outra mão.

Então, não aguentei mais, e comecei a gozar. Em cima

do prato! Cobri seu macarrão de porra, muita porra.

Eu

estava com muito tesão.

Quase cai para trás, estava sem forças. Meu pau começou

a amolecer, então arrastei uma cadeira e me sentei.

Sabrina

misturou o macarrão no prato e começou a comer. Devora

a comida, e

dizia, com a boca cheia, deixando sempre cair um pouco

de macarrão que escorria pelo corpo: "agora sim, mamãe,

está uma delícia!".

Terminamos de almoçar e pedi para descansar um pouco.

Minha filha falou: "então vá para a sala com a mamãe,

porque EU vou preparar

a sobremesa, mas não quero ninguém cansado, porque vai

ser BEM melhor que o almoço!".

Peguei minha esposa pelo braço e fomos para o sofá

tomando

um copo de suco.

Ouvimos Sabrina arrumando a bagunça que fizera na cozinha

e depois de uns vinte minutos ela apareceu na sala para

a sobremesa...



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pais se esfregando na filha shortinho corcontos eróticos com esposa pedindo merda na bocaminha patroa gortosa e tarada por pauGGcontos eroticos meu sobrinhonoiva tarada melando o pau do. noivoCris devassa. contos eroticosantes caçava agora sou cacador de bctencoxol com jatos de porraContos eroticos detalhes por detalhes e falas dos autores e personagens eu era uma menina de 18anos o cara do onibus me fudeuas gostosas passando bronzeador no seu corpinho nadacontos eroticos comi a mulher negra do meu ajudantecontos eroticos casada flagra seu vizinho batendo punhetaBoqueternoconvencir minha mulher zoofiliacontos eróticos de amigos com mts mamadasconto gay ciumes exageradohistoria e contos lesbica primeira vez com minha bababulto homem topando na causa pohetaminha enteada um tesaozinhocanal XVídeos mãe dorme na mesma cama que o filho sem calcinha da pelecontos eroticos.-mamei no pauzao do meu tioPorno ai falei que era pra gozar maninha.comcontos bater varias punhetas seguidasContos eroticos comendo cu da madrasta e da meia irmachantagiei o professor gostosocontos mulheres folgosas xingamdoRelatos de casada puta esfregando a bunda gozada na cara do corno otariocontoseróticos gay zoofilia emfamiliaconto de sexo com puta noiada com imagem e fotocontos eróticos e de dia em q uma ninfeta que eu odiava dormiu na minha casaru cdzinhaRelatos incestos reais acostumado dar banho na minha filhacontos velho nojentos no onibushistoria erotica meu marido.cm meu sogro e dei.cupintelhos na transparencia das cuequinhasLuizinho meninos novinhos um transando com outro pela primeira vez de dois primos transando comContos eróticos mae medrosacontos eroticos zt i: blackmailaluna sendo cumunda aforcaconto erotico minha mae me ensinando a transarcontos eróticos padre diabofilme de pornô com as coroas de 40 anos mais gostosa dando para os moleques se assustando com o tamanho do pirulitocontos de pagando com ocúconto gay filho ve o pai com o pau duro e perguta o que a quinlofudeu ate cansarcontos mae e filha rasgando cu com objetosContoseroticosdesenhorasmenino gay inocência perdida pornocontos eróticos o gringo roludodando cu munheres.com45anocontos eróticos troca de casais dp vibradorcontos-você vai devagar no meu cuzinhogritei de dor contos eróticosmelhorescontos eróticos gosando pelocucontos eroticos de usei uma rede social pra pegar minha irmacontos erotico ensinei dois garotosmoleque engravidando gostosa contocontos de namorada do meu amigo dano pra mimcomi minha mae no dia de voto onte conto eroticoeu e mamae no carnaval do rio fudemos gostoso contos eroticos as tres safadinhadestorias eroticas o tatuador viu o cusinho virgem da minha esposacontos eróticos, minha grande paixãocontos eróticos picantes com cantinhos virgenscontos eróticos com o casal que encontrei no metrôconto eróticos chupando a buceta sem ela peceberprono irmão comeno a irman branquinho cabelo pretoContos eroticos sem querer aconteceuconto erotico amanda dando para geral.no baileMae rabuda contos heroticos como perdeu a virgindade do cuzinhocontos eroticos brincando de esconde escondecontos gays reais/a anaconda do meu primominha tia olhando meu paucontos eróticos meu sobrinho f****** na rola granderasgando o cu da nora e da sua tia contos eroticosContos eróticos, fui pescar e estupraram minha mulhereu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos sobrinha veio cuidar da sograprono irmão comeno a irman branquinho cabelo pretocontos ainda era muito nova quando me foram ao cu pela primeira vez contos eroticos de irma que engravida do irmaocontos eroticos buceta peludacontos eroticos com velhosContoerotico descabaçando meninas de seis a doze anoscontos eroticos de meninas que sua prima ensinou a ser putinha ainda bbamigas gostam de passar margarina no corpo nuconto bundao hiper carnudocontos eroticos,virei escrava e puta do meu namoradocontos eroticos esposa camisola os amigo maridobdsm fita boca contoscomeu a mae dormindocontos