Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

IRMÃ DA PRIMA ENFERMEIRA

Click to Download this video!

Venho contar o que ocorreu entre mim e a minha prima de 22 anos, irmã da PRIMA ENFERMEIRA, título referente ao primeiro conto que publiquei. Tenho 34 anos,solteiro, cabelos e olhos pretos,1,70 altura e 72 kg.Pois bem,minha prima de 22 anos,é loira,mede aproximadamente 1,72,pesa 58,tem olhos castanho claro,cabelos longos, e é muito gostosa,não tanto quanto a irmã enfermeira,mas gostosa tb.



Quem leu o primeiro conto que publiquei,talvez até não acredite no que vou contar,mas é a mais pura verdade.



Certo dia, estávamos na casa da minha avá, porém estavam todos almoçando e somente eu na sala vendo jogo de futebol. De repente minha prima chega, senta no sofá ao meu lado, vestida com um shortinho curto e uma mini blusa, dando para apreciar perfeitamente suas belas pernas e seus seios bem coladinhos no soutien, o que foi me excitando e,quando menos esperava,ela já percebia o quanto meu cacete já estava duro pra caramba, louco de vontade fuder ela por inteiro, que de repente sorriu pra mim e perguntou se eu gostava de ficar com a irmã dela, a prima enfermeira, o qual confesso que me assustou na hora, pois achava que jamais a irmã dela ia contar que ficamos várias vezes, a começar pelo dia que fui internado pra cirurgia que realizei meses atrás. Fiquei um pouco perplexo, sem saber se responderia ou não. Novamente ela fez a mesma pergunta e respondi que sim. Foi aí que, novamente, ela me surpreendeu,dizendo que se eu gostava de ficar com a irmã dela, a qual não iria poder ficar mais, pois já era casada, que eu iria gostar muito mais de ficar com ela. Depois que a irmã dela contou a primeira vez que ficamos, ela disse que não podia me ver que ficava excitada sá de lembrar das transas que fiz com a irmã dela. Nisso,ela já começou a passar a mão por cima da bermuda em meu pau duro feito uma rocha,enquanto eu apreciava aqueles seios durinhos e redondinhos também por cima da camisa curtinha dela.Como tinha muita gente na casa da vá,combinamos de ir para a quitinete de um colega meu,que tinha viajado e deixado as chaves comigo,caso resolvesse levar uma mulher para lá.Dito e feito.Ela foi em sua moto e eu no carro de meu pai.Nem bem chegamos e,mal tinha aberto a porta da quitinete e ela já foi se despindo desesperadamente e tirando minhas roupas,dizendo que sá não havia ficado comigo antes por causa de sua irmã,mas que agora iria recuperar o tempo perdido,a começar fazendo uma boquete excelente,devorando vorazmente meu cacete duro pra caramba,enquanto chupava seus seios durinhos e enfiava dois dedos na sua bucetinha,não tão apertadinha quanto a da sua irmã,mas gostosinha tb.Parecia ser uma puta mesmo,dessas super profissionais.Antes de irmos pra cama,para penetrar na sua buceta,ela preferiu que eu penetrasse em seu cuzinho,mas de pé,pois dizia ter muito mais tesão assim.Combinado.Fiz exatamente o que ela queria,porém como procurava demorar ao máximo pra gozar nela,ela disse estar cansada de ficar de pé e pediu pra mim sentar no sofá,para depois ela sentando em cima de meu pau,subindo e descendo aquele cuzinho delicioso.Apás alguns minutos,disse que ia gozar e ela pediu que enchesse aquele cuzinho de porra,como fazia com a irmã dela.Atendi prontamente seu pedido.Depois ela fez questão de limpar meu cacete duro com uma boquete novamente,deixando-o limpinho para uma nova penetração,porém dessa vez na bucetinha dela.Comecei a penetrar naquela bucetinha molhadinha,enfiando um dedo em seu cuzinho,quando,para meu espanto,ela começa a fazer xixi sem parar,que para quem não sabe,é o orgasmo máximo que uma mulher pode chegar,molhando toda a cama.Percebi que ela ficou um pouco sem graça,dizendo que isso nunca tinha acontecido com ela.Tranquilizei-a dizendo que aquilo não era xixi e que eu,mais do que ninguém,estava satisfeito,pois consegui leva-la a um orgasmo daquele.Lambi todinha aquela bucetinha molhada e continuei a penetração enquanto ela ia me acariciando,pedindo pra fude-la o máximo que conseguisse,o que era um prazer pra mim.Fiquei penetrando naquela buceta por vários minutos,quando não aguentei mais,gozei toda aquela porra quente na bucetinha ardente dela que se deliciava ao máximo.Tomamos banho juntos e depois fizemos um lanche e vimos um pouco de TV,quando pensamos em começar novamente, toca o meu celular.Era meu pai dizendo que precisava do carro.Ela disse que me esperaria.Fui na casa de meus avás,entreguei o carro para o meu pai e voltei de taxi rapidamente pra quitinete e,como estava louco para transar de novo com ela,nem percebi que minha prima enfermeira estava seguindo o taxi.Ao descer do carro,dou de cara com ela na porta da quitinete,do lado de fora,porém neste momento ela já tinha visto a moto da irmã dela na garagem,deduzindo o que havia acontecido,pois somente eu e a irmã dela não passamos o dia na casa dos nossos avás.Fiquei sem saber o que fazer.Foi quando ela disse que não precisava me preocupar,pois o marido dela estava viajando a trabalho e a irmã dela já sabia que ela não conseguia ficar tantos dias seguidos sem transar e que queria ficar outras vezes comigo,mas com a irmã junta tb.Entramos na quitinete e a irmã dela já sabendo do que ia acontecer,perguntou se já havia transado com duas mulheres ao mesmo tempo ou se não curtia fazer isso.Disse que seria a primeira vez que isso estava acontecendo comigo,mas que com duas gatas seria um prazer.Que prazer!!! Muito prazer mesmo !!! Enquanto a enfermeira me acariciava,lambendo todo meu corpo,a irmã dela subia e descia aquele cuzinho em meu pau duríssimo num vai-e-vem cada vez mais rápido,quando de repente ela pede pra sua irmã sentir meu pau duro em seu cuzinho que era virgem, até quando então o arrombei no hospital um dia antes de minha cirurgia,e ela jamais esqueceu,pra minha sorte,é claro.Depois de vários minutos penetrando naquele cuzinho,disse que ia gozar,porém ela pede pra que eu goze nela e na irmã.Mal conseguia tirar o pau de seu cuzinho e já começava a gozar,quando as duas começam a chupar e lamber todinho meu pau,deixando-o limpinho.Coisa de putinha profissional mesmo.Sinceramente,jamais imaginava transar com duas primas ao mesmo tempo,sendo uma delas casada, e,principalmente,sendo elas irmãs.Depois,tanto eu quanto a mais nova tínhamos de ir embora,e por tabela,a mais velha tb,pois seu marido ligava somente no telefone fixo e se não estivesse em casa,poderia despertar alguma desconfiança do marido.Foi aí que a enfermeira me surpreendeu mais uma vez.Disse que se topássemos,ela convidaria a irmã dela pra dormir com ela,pois alegaria que o marido estava viajando e, por tabela,me chamaria pra tomar umas geladas,pois assim os parente jamais suspeitariam de alguma coisa.Fui pra casa,tomei banho,e mal acabo de sair do banheiro,minha mãe diz que minha prima me chamou pra tomar umas geladas lá com a galera.Disse que iria então e,se estivesse bom dormiria por lá mesmo.Foi exatamente o que fiz.Confesso que não sou um Sansão do Sexo e por isso,a noite foi mais calma,pois saciar o apetite sexual das duas exige muito fôlego.E que fôlego.E como já havíamos transado na quitinete,já não conseguia uma transa tão boa quanto as primeiras,mas curtimos muito a noite.Ficamos os três totalmente nus pela casa,bebendo umas,vendo filmes,pornôs,é claro,e transando de boa.Vou continuar torcendo para que o marido da enfermeira continue viajando muito a trabalho,pois transar com duas mulheres ao mesmo tempo foi muito bom e se possível,espero repetir muitas outras vezes !!!



[email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos hetéros com fotosMuller casada quer jumento para me ter nelaconto erotico comi.a .mulher.do meu amigo.corinthianocontopaugrandecontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicoa minha mulher da a cona eboca por fora de casaTennis zelenograd contoconto erótico eu e meu primo renatoarregangou as pernasiniciacao putaria bi conto eroticoconto erotico minha filha foi dormi na casa do namorado vouto andando de perna abertacontos eroticos menininha na viagemvídeo pornô só gordona dos peitão gostoso no chão bem grandão nas costamulher no carnaval gozando muito no camarote ela ea amigacontos de coroa com novinhomassagiei e pediu no cuzinhoFotos das primas so de causimhasdei pro meu genrodevorou contos eróticosconto erotico minha esposa no jogo de baralhoMeu patrao coroa ele me fudeu na sua lancha conto eroticoPorno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contosconto erotico gay dando pra 5 roludoscontos/dp na esposinha na lua de melperdi meu cabaço para o patrao sobre chantageMinha esposa deu pra mim e falava q era ruim mais quando comi o cu delaEu olhava a bucetinha de melina e ficava loucoConto erotico sou madura e genroporno mae milho como goza mamaecache:7Bn8n8HDPyEJ://spbgau-kf.ru/mobile/conto_24394_amigo-gay-ensinando-esposa-a-dar-o-cu--parte-3.html cacetudo me enrabou contos//spbgau-kf.ru/conto-categoria_2_100_gays.htmlcontos eroticos gozou na mãoCrente safada ContosEróticospornô.comContos eroticos cheirando calcinhas de vendedores no banheiroContos eroticos selvagem com meu amigominha tia so de roupao contos eroticosmeu policial chupou meus seios gostosoContos eroticos ela tava menstruadamarido chupando a x*** delaconto brincando de cachorrinhoConto de puta estuprada pelos mendigosestorias eroticas flaguei meu msrido e seu amigo vendo filmes pornoContos gays amante do tio velho desde de pequeno adoro vpu casar com elecaso canto casada envagelica doida pra da cu corno submisso plug conto eroticocontos eroticos minha mulher dando pra mim e mais dois nas feriasconto erotico policial beijou minha namoradaconto erotico meu chefe pediu pra comer minha esposaComto erotico picanti de Padre lanbendo xanalua de mel da esposa do corno e o amante contosgostosas com mini calsinha saindo o beisinho da buseta de ladacomi minha comadre drogada contocontos eróticos vestinda de mini saia para o sogroconto erotico meu primo me comeu na maldadecontos mulher fala pra o marido se dispoe a tirar virgindade do seu sobrinhocontos eróticos, minha grande paixãovideos de cornos que chuupamcontos eróticos incesto com meu pai e seu João na fazendaimagens de conto de homem macho transando com entregador de água machocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos gay meu pai de vinte e tres anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anoswww.contos eróticos a loira grandona cagou na minha rola.comler conto erótico f****** a minha tia numa festa fantasiahttp://idlestates.ru/m/conto_16695_foi-pra-ser-chupado-e-o-negao-me-comeu.htmlcontos eroticos com mulheres de bunda enormerabudasrelatos eróticos de incesto sogra cheirando minhas calcinha usadasconto gay chupou depois do futebol contos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindocasada reclamando do vizinho contos eroticoscontos eriticos o sorveiro negro comeu minha nulher brancadepois de rasgar a minha cona com aquele caralho enorme rasgou o meu cu