Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A ESPANHOLA!

à ESPANHOLA.

Olá pessoal, eu tinha uns 19 anos quando aconteceu esse lance que vou contar agora. Meu nome é Beto, sou da Praia da Piedade em Jaboatão–PE, tenho a estatura pequena, ficava fácil para eu me misturar com os meninos mais novos da minha rua que tinha em média de 19 anos, brincamos muito de esconde-esconde, e nessa brincadeira comecei ter tesão de enconchar um moleque de 19 anos, o nome dele era Josuel, pois o garoto sá queria se esconder junto comigo, aí essa atitude dele me despertou a encochá-lo sempre. Procurava não chamar a atenção dos outros moleques, para que mais na frente não pegasse no meu pé e nem do Josuel. A cada dia que brincava eu ia tendo mais idéias de estar cada vez mais tempo e tirar proveito da situação, como era quente, eu estava sempre sem camisa, e comecei a brincar se cueca e com short o mais folgado possível, até mesmo para facilitar a ereção, todas as vezes que eu ficava de pau duro e o Josuel via, ele não tirava os olhos do meu volume, eu cada vez mais iria me exibindo para ele. Comecei a dizer que não valia se esconder dentro de casa, pois minha mãe não iria gostar, mais isso já era um dos meus planos para levar o Josuel para meu quarto, minha cama era daquelas de cimento armado e tampa de madeira, arrumei bem direitinho dentro da cama, deixei panos para se limpar, travesseiro e bem cheirosinho, e disse ao Josuel que tinha um esconderijo que ninguém iria nos achar. Quando, entramos dentro da cama, ficamos caldinhos, era bem apertadinho, pois ele mesmo havia reclamado do aperto, ai eu disse: deita em cima de mim que ocupa menos espaço, o Josuel não teve dúvida, deitou em cima de mim com a bunda bem em cima do meu pau, isso já duraço, inventei que estava muito quente, e que deveríamos tirar os shorts, ele concordou, com eu era mais forte, tirei o meu primeiro, e ajudei irar o dele, nossa senti aquela bundinha durinha, coloquei meu pau entre as pernas dele e comecei a balança ele para lados, fazendo qualquer movimento, aí ele perguntou o que eu estava fazendo? E porque estava balançando ele?, aí eu disse: que eu tinha que ficar balançando para não dar câimbras nas pernas, ele aceitou a justificativa. Fiquei um bom tempo assim, meu pau é daqueles que sai muito líquido lubrificante, já não aguentando mais coloquei ele de lado e comecei a forçar um penetração, comecei a colocar meu pau no caminho do seu cuzinho, e ele não esbossava nenhuma reação, nos movimentos mais bruscos, eu já louco, a cabeça entrou, aí e ele gritou, coloquei a mão na boca dele, e pedi para ele ficar calado, pois ninguém poderia ver a gente ali, e disse que não iria doer mais, procurei seu pau, e comecei a bater uma punheta para ele, nesse instante que ia batendo uma punheta para ele, eu ia empurrando meu pau para dentro, já tudo dentro, comecei o movimento de vai e vem, ele dizia que estava doendo muito, eu dizia que já estava terminando, foi quando comecei a gozar dentro dele, eu gemia naquele escuro, pois não podia fazer barulho, que gozada, parecia que não terminava mais de sair gozo, fiquei parado com o pau dentro dele até ficar mole, tirei e comecei a me limpar, e limpei ele também, perguntei a ele se estava tudo bem, ele disse que sim, pedi a ele que brincasse sá comigo, pois se os outro meninos soubesse iria chamar ele de mulherzinha. Brincamos várias vezes lá dentro daquela cama de cimento. Que tempo bom!!!.

Meu Email é: [email protected]









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


FUDIDA POR UM DESCONHECIDO, CONTOSporno idoido na purberdadecontos eroticos donas de rabos enormescontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos - filha rebecaMinha cuinhada sandra se pingando todaComtos erotico chuponas.de.rola.o papai da minha amiga contos eu tinha sete anosfui apraia e levei a filinha da vizinha conto eroticogarota no cio brincando com cachorrofilha de diplomatas conto heroticocontos fui adotadacontos enrabado na saunatire o cabacinho da minha sobrinha e gosei muito dentroconto erotico mulher fodendo escondido no pomarContos Sexo teen amador Menino Novinho gay Fazenda Do tio peão banho no cavaloele.a.comeu.contosele era um lindo anjoContos minha irmã e minha putaEmrabado por travestis na frente da mulher contoscontos eróticos eu como minha sobrinha na frente da minha esposacontos eróticos com homens de pinto muito muito grande fora do normalcontos eroticos matoVidios porno fiquei con o meu cuzinho todo aronbadoconto erotico o filhofilho da minha amiga e um tremendo taradorelatos de comadre dando a buceta pro compAdre//spbgau-kf.ru/conto_6354_o-1-encontro.htmlmeu primeiro swingcontos eróticos escrava é putonaconto erotico toma leite pra crescer fortecontos eroticos no acampamentocotos heroticos gay neguinho me comeucontos eróticos namorada outraContos duas safadas com um machofamílias se encontram em praia de nudismo contos eróticoestoriadeincestocontos eróticos padre diabocontos e Relatos reais de nora transando com sogro em BrasíliaIrmã cuidando do irmão acidentado contos de incesto femininocontos dormimos na barraca eu marido e sogro e o sogro me rabou noite interaminha esposa revelou ser muito safadamulheres despreocuadas em casa eroticocontos eróticos a f*** decontos eroticos a negrona Meireta tarada fotos de sogra e gerro tranzandovidos. anamara. cupanu. bucetacontos-vem foder sua putinhaconto erotico eu era virgem mas o pau erafinocontos levei uma rolada do meu filhocontos eróticos mendigo no ônibuspornogay gaúchos gozeidentro do cudo meuamigo bebadosucos ontem pego comendo o cu a buceta bem gostosocasados contos cdezinha titio roludocontos vi minha irma com pausudoporno travesti rosadinha menininhaa pica do meu filho é enorme dei gostoso ate o pai dele deu virou viadao corno contocontos eroticos gay meu pai me comeucontos eróticos de mestre domadorconto corno calcinhacontos erotico ele quis ser corno e eu providencieicontos casadas enrabadas com chantagemcrossdresser conto eroticocontos eroticos casada infelizconto meu pai descabacou minha irmacontos eroticos e minha mulher e uma amiga convencida a chupar bucetacontos de comi o cuzinho apertado de uma Neginho novinhofoto de xoxota de mulher pequeninihaele era um lindo anjocontos gay o senhor parrudocontos eroticos 9 aninhos