Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIUVA SE REALIZA COM O AMIGO DE SEU ESPOSO

Click to Download this video!

Já escrevi um conto para esse site intitulado "Me realizei com o peão da fazenda de meu pai". Por gostar muito de atiçar minha libido, escrevo o que aconteceu comigo para partilhar com as pessoas que tem esse mesmo costume ou que gostam de valorizar sua sexualidade de forma prazerosa. Asseguro que são fatos reais e quem quiser continuar mantendo contato é sá escrever p o e-mail no que se encontra no final do conto. Fiquei viúva muito jovem e vivia cheia de tesão. Por vários motivos privei-me de sexo por mais de 1 ano. Eu passava o dia inteiro "pegando fogo" literalmente, por diversas vezes tomava banho para acalmar, tamanho era meu tesão. Qd tocava minha buceta ela estava quente e molhada. Eu não sou tão feia e chamo atenção dos homens por causa de minha bunda. Eu sentia q era desejada, mas não tinha coragem de tomar iniciativa. Por recomendação de minha ginecologista, que via minha situação se complicando, comecei a amadurecer a idéia. Em casa, no afã de meus desejos, me masturbava várias vezes. Era paliativo, o desejo voltava logo que pensava na possibilidade de uma transa de verdade (isso era constante). Depois de algum tempo estava resolvida que não esperaria mais e que, na primeira oportunidade iria realizar meu desejo mais íntimo que era de ter um homem ao meu lado, ser lambida, chupada, penetrada... Passei o Natal na casa de meus pais no interior, mas precisava voltar à minha cidade antes de terminar o ano, pois tinha pendências financeiras para resolver. Um amigo do meu falecido marido sempre se prontificou a ajudar-me, era educado, amigo... juro que até então não imaginava acontecer nada entre nás. Acontece que ele sim!!! Falei que precisava fazer esta viagem ele disse: _ Que coincidência, também vou para lá com minha cunhada e outro amigo. Eles irão fazer alguns exames, se você quiser posso te levar. Aceitei na hora e até desejava que algo acontecesse entre nás, simplesmente para saciar meu desejo recolhido. Mas, seria difícil, ele estaria levando outras pessoas, isso iria complicar... Que nada! Quando passou cedo para me apanhar estava sozinho e disse que os outros tinham desistido. Fiquei tensa e feliz ao mesmo tempo. Parece que saía um vapor de minhas entranhas. Ele tentava disfarçar seu tesão porque era meio tímido, e não conseguiu tomar nenhuma iniciativa durante toda a viagem. Pensei: "E agora? Será que não vai acontecer nada? O eu que eu faço?" Percebi algumas atitudes que demonstravam seu desejo... Quando trocava a marcha do carro, sua mão roçava de leve minha perna. Eu enlouquecia, mas ele nada de reagir. Quando descemos para tomar um lanche no meio da viagem ele faltava me engolir os olhos. Finalmente chegamos e fomos direto para minha casa que estava vazia e fechada naquele período de férias. Percebi que a iniciativa tinha que ser minha, principalmente pelo respeito que ele tinha com meu falecido marido. Ao entrarmos percebi o volume em sua calça aumentado. Fui até meu quarto e ele ficou na biblioteca, folheando uns papéis. Num ímpeto, para não voltar atrás, fui até lá e disse: _ Posso te pedir uma coisa... Ele, meio surpreso, mas imaginado o que era, disse: _ Claro! Pode falar! _ Eu quero ter você hoje! Não estou suportando de tanto tesão... Ele me abraçou forte e beijou-me com furor. Pensei que iria desfalecer. Quanto tempo não sentia aquilo. Todos os meus músculos se contraíram naquela entrega. Sua boca era muito gostosa, seu beijo ardente... _ Sá não quero que seja aqui, não vou me sentir bem, você entende? _ Claro que sim! Vamos para onde você quiser. Quero saber uma coisa.... Você já ficou com alguém depois... depois do que aconteceu? _ Não, você será o primeiro.... Ele me beijou vorazmente, passava a mão no meu corpo inteiro e ficava repetindo..."Eu não acredito... eu não acredito..." Fomos rapidamente para um motel. Quando saímos de minha casa indo em direção ao motel, mil coisas passaram por minha mente. Estaria fazendo o que era certo? Se não fosse dessa forma, como estaria sanando meus desejos que eram tantos... às vezes pensava que ficaria louca com tanto tesão recolhido e como sempre o valores familiares, as repressões de infância, o puritanismo falavam mais alto e eu retraía em minhas atitudes, Mas hoje não, hoje será diferente, pensava comigo. Ele suava, estava meio nervoso. Vestia uma calça branca que realçava bem o tamanho daquele pau. Tive a impressão que ele iria estourar sua roupa. No motel ele pediu uma suíte maravilhosa. Mal entrei e ele me arrebatou em seus braços, beijando-me com voracidade. Meu Deus! O cheiro dele era maravilhoso, seu corpo praticamente sem pêlo brilhava com o suor que transpirava. Ah, era tudo que desejava... tudo que precisava para conseguir viver melhor, ter mais tranquilidade... Minha calcinha estava tão molhada no fundo que fiquei vergonhosa. E esse sentimento era tamanho não sá por isso, mas por até aquele dia nunca ter sido de outro homem. Guardava comigo uma série de dúvidas e incertezas. Suas grandes mãos foram deslizando pelo meu corpo, despindo tudo que atrapalhava minhas sensações. Ao ficar de calçinha e sutiã ele ficou surpreso de tal forma que me impressionou. Disse de forma admirada: - Sua bunda é linda!!! Como a desejei quando visitava você. Você passava na minha frente e eu me sentia provocado. Abraçávamos e beijávamos intensamente. Ele passou sua língua pelos meus braços, seios e barriga. Virou-me de costas para cima e roçou seu corpo no meu fazendo-me estremecer. Ele era o homem que eu merecia naquele momento. Quase negro, isso era o meu fascínio, corpo bem masculino e em forma, esse homem fez-me ver estrelas quando começou a chupar minha buceta. Tudo em mim estremecia, parecia que tomava choques... Tive orgasmos triplos. Ele falava palavras carinhosas no meu ouvido, e intercalava com sacanagens dizendo que eu era uma égua. Quando vi o tamanho de seu pau não tive dúvidas de que ele era um cavalo, já que o do meu falecido nem chegava aos pés do dele. Até tive medo que ele me penetrasse. Ele soube fazer tudo com muito cuidado, metia e beijava minha orelha, falava que estava gostoso e quente... Quando percebi estava tudo dentro, pressionando meu útero. Perdi a conta do tempo que durou nossa transa naquele dia, mas calculo que foi por quase 6 horas seguidas. Estava entardecendo e tivemos que voltar para a cidade dos e meus pais.Hoje sou casada com um negro que tem um pau lindo, grosso, grande e que me realiza justamente por permitir fantasias Quem quiser manter contato conosco para falar (ou até realizar fantasias) escreva-nos pois somos de bom nível e discretos: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos meteram muito em mim no metroconto erótico "comeu meu marido "fodendo casadas de osasco no cu na frente do marido que ajudalena beijando sua amga gostosovivo porno contos meu abusava de minha bunda quando midava banhoconto erotico eu era virgem mas o pau erafinoconto curto mulher contrata traveco pro cornoquero uma menina cabelos longos escuros deitada na piscinacontos esposa conhecemos meus amigosXotinhas somente na época da puberdadetravestis narrando quando deram o cuzinho pela primeira vezcontos eróticos com marido tratado me estupandosambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu maurelatos de anã transandolésbicas bundudas socando a língua no c* da rolaporno.muller.estedendo.roupa.no.varalnovinha peguei no pinto do cachorro relatoswww.espiando minha filha dormindo de camisola contocontos eroticos venha ca sua puta safada,eu vou arrombar seu cu de cadelacontos eroticos ijui rsaliviando a tensao do papai contos xxxtroca troca no orfanato contos eróticos gayminha esposa mostra a buceta para meu padeiroscumadre chupaeu paucontos eróticos meu cuzinhofingi que estava dormindo e cimetam meu cucontos eroticos fetiches. suzane deu pro paiconto minha calcinhacontoseroticos desde pequena adoro dar o cuzinhomeu filho xerou meu cuMulher negra fodendo com o sogro contosconto erotico mamãe sentando no meu colo no carro lotadoo amigo do meu marido me chantageou contosconto gay paguei enfiei pregasporno pesado arrombando relatospassagem erótica eu vou a loira gostosona na f*** boaContos me comeram e meu marido nao sabecontos o velho fez casada de putaConto erotivo estupro veridicocontos eroticos renata e lucas,meio irmaos capitulo 2Me comeram ao lado do meu namoradocontos eroticos assistiu escondidoo coroa. levantou. minha. saia. e. comeu. meu. cu conto. eroticocontos eroticos crossdressercontos eróticos da casada cris devassa Porn contos eroticos o mulato amigo doo filhoconto erotico o soldado arrombou minha bucetaconto viajando com a maninhaSou casada mas bebi porro de outra cara contoscomo e que aimha vagina abre na hora do sexo?Contos pornos-esporrei na comida da cegaSou casada fodida contocontos eróticos de maridos cornos dando pros garotoscontos flagrei minha namoradaminha cunhada gosta de piroca grossa,contos e relatos eroticosconti siou chupadir de grekinho safaddocontos eroticos adoro tomar leitinho do papaicontos eróticos com fotos de menininhas sentadas no colocontos eroticosirmazinhaesposa na brincadeira em casa contomamae japonesa me bolinandoaudio eroticos de velhos iperdotados comendo mulheres casadasMeu+irmão+arrombou+meu+cu+a+força+conto+eroticoconto veridico gozada dentro xoxota recifepapai e seu amigo comeu meu cuzinhocontos eróticos mulher gostosa cuidando de menininhosRelato de mulher tenho tesão em executivo de pau duro na calça do ternoSou novinha e putinha boqueteirá do papai contoseroticosporque.que.depois.que meu namorado chupou os meus peitos eles ficaram com o bico descacandocontos eroticos incesto com menininhascontos eróticos fotos da gordinha me traiurelatos de um negao roludo me desvirginouConto curto de coroa estrupada por genro e gostandovideo de mulher transando no atelier delaconto mingau. de porracontos er senta devagarEnganei e estrupei conto eroticoconto erotico do garoto ricardo fodendo titiocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Contos me comeram e meu marido nao sabecontos de foder empregadasou homem quero dar o cu para uma putaconto uma viagem muito gostosaconto minha mae so me provova e me deicha de pau durocontos tava de vestido i fui comidacontos eroticos com a princesinha do bairroconto erotico tia pediu para medir penisContos namorado castrado pelo a sograconto erotico castrado na favelaconto irma dormindoNegão e minha filha contos eróticoscomi minha filha no carro contocontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojahistoria e contos lesbica primeira vez com minha babaContos erótico filhinha gosta de mamar picacontos eroticos do filho foi da banho na mamae e ficou de pinto durocontos minha tia viuva sua amiguinhacontos eroticos 148 cm de bunda .