Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIUVA SE REALIZA COM O AMIGO DE SEU ESPOSO

Click to Download this video!

Já escrevi um conto para esse site intitulado "Me realizei com o peão da fazenda de meu pai". Por gostar muito de atiçar minha libido, escrevo o que aconteceu comigo para partilhar com as pessoas que tem esse mesmo costume ou que gostam de valorizar sua sexualidade de forma prazerosa. Asseguro que são fatos reais e quem quiser continuar mantendo contato é sá escrever p o e-mail no que se encontra no final do conto. Fiquei viúva muito jovem e vivia cheia de tesão. Por vários motivos privei-me de sexo por mais de 1 ano. Eu passava o dia inteiro "pegando fogo" literalmente, por diversas vezes tomava banho para acalmar, tamanho era meu tesão. Qd tocava minha buceta ela estava quente e molhada. Eu não sou tão feia e chamo atenção dos homens por causa de minha bunda. Eu sentia q era desejada, mas não tinha coragem de tomar iniciativa. Por recomendação de minha ginecologista, que via minha situação se complicando, comecei a amadurecer a idéia. Em casa, no afã de meus desejos, me masturbava várias vezes. Era paliativo, o desejo voltava logo que pensava na possibilidade de uma transa de verdade (isso era constante). Depois de algum tempo estava resolvida que não esperaria mais e que, na primeira oportunidade iria realizar meu desejo mais íntimo que era de ter um homem ao meu lado, ser lambida, chupada, penetrada... Passei o Natal na casa de meus pais no interior, mas precisava voltar à minha cidade antes de terminar o ano, pois tinha pendências financeiras para resolver. Um amigo do meu falecido marido sempre se prontificou a ajudar-me, era educado, amigo... juro que até então não imaginava acontecer nada entre nás. Acontece que ele sim!!! Falei que precisava fazer esta viagem ele disse: _ Que coincidência, também vou para lá com minha cunhada e outro amigo. Eles irão fazer alguns exames, se você quiser posso te levar. Aceitei na hora e até desejava que algo acontecesse entre nás, simplesmente para saciar meu desejo recolhido. Mas, seria difícil, ele estaria levando outras pessoas, isso iria complicar... Que nada! Quando passou cedo para me apanhar estava sozinho e disse que os outros tinham desistido. Fiquei tensa e feliz ao mesmo tempo. Parece que saía um vapor de minhas entranhas. Ele tentava disfarçar seu tesão porque era meio tímido, e não conseguiu tomar nenhuma iniciativa durante toda a viagem. Pensei: "E agora? Será que não vai acontecer nada? O eu que eu faço?" Percebi algumas atitudes que demonstravam seu desejo... Quando trocava a marcha do carro, sua mão roçava de leve minha perna. Eu enlouquecia, mas ele nada de reagir. Quando descemos para tomar um lanche no meio da viagem ele faltava me engolir os olhos. Finalmente chegamos e fomos direto para minha casa que estava vazia e fechada naquele período de férias. Percebi que a iniciativa tinha que ser minha, principalmente pelo respeito que ele tinha com meu falecido marido. Ao entrarmos percebi o volume em sua calça aumentado. Fui até meu quarto e ele ficou na biblioteca, folheando uns papéis. Num ímpeto, para não voltar atrás, fui até lá e disse: _ Posso te pedir uma coisa... Ele, meio surpreso, mas imaginado o que era, disse: _ Claro! Pode falar! _ Eu quero ter você hoje! Não estou suportando de tanto tesão... Ele me abraçou forte e beijou-me com furor. Pensei que iria desfalecer. Quanto tempo não sentia aquilo. Todos os meus músculos se contraíram naquela entrega. Sua boca era muito gostosa, seu beijo ardente... _ Sá não quero que seja aqui, não vou me sentir bem, você entende? _ Claro que sim! Vamos para onde você quiser. Quero saber uma coisa.... Você já ficou com alguém depois... depois do que aconteceu? _ Não, você será o primeiro.... Ele me beijou vorazmente, passava a mão no meu corpo inteiro e ficava repetindo..."Eu não acredito... eu não acredito..." Fomos rapidamente para um motel. Quando saímos de minha casa indo em direção ao motel, mil coisas passaram por minha mente. Estaria fazendo o que era certo? Se não fosse dessa forma, como estaria sanando meus desejos que eram tantos... às vezes pensava que ficaria louca com tanto tesão recolhido e como sempre o valores familiares, as repressões de infância, o puritanismo falavam mais alto e eu retraía em minhas atitudes, Mas hoje não, hoje será diferente, pensava comigo. Ele suava, estava meio nervoso. Vestia uma calça branca que realçava bem o tamanho daquele pau. Tive a impressão que ele iria estourar sua roupa. No motel ele pediu uma suíte maravilhosa. Mal entrei e ele me arrebatou em seus braços, beijando-me com voracidade. Meu Deus! O cheiro dele era maravilhoso, seu corpo praticamente sem pêlo brilhava com o suor que transpirava. Ah, era tudo que desejava... tudo que precisava para conseguir viver melhor, ter mais tranquilidade... Minha calcinha estava tão molhada no fundo que fiquei vergonhosa. E esse sentimento era tamanho não sá por isso, mas por até aquele dia nunca ter sido de outro homem. Guardava comigo uma série de dúvidas e incertezas. Suas grandes mãos foram deslizando pelo meu corpo, despindo tudo que atrapalhava minhas sensações. Ao ficar de calçinha e sutiã ele ficou surpreso de tal forma que me impressionou. Disse de forma admirada: - Sua bunda é linda!!! Como a desejei quando visitava você. Você passava na minha frente e eu me sentia provocado. Abraçávamos e beijávamos intensamente. Ele passou sua língua pelos meus braços, seios e barriga. Virou-me de costas para cima e roçou seu corpo no meu fazendo-me estremecer. Ele era o homem que eu merecia naquele momento. Quase negro, isso era o meu fascínio, corpo bem masculino e em forma, esse homem fez-me ver estrelas quando começou a chupar minha buceta. Tudo em mim estremecia, parecia que tomava choques... Tive orgasmos triplos. Ele falava palavras carinhosas no meu ouvido, e intercalava com sacanagens dizendo que eu era uma égua. Quando vi o tamanho de seu pau não tive dúvidas de que ele era um cavalo, já que o do meu falecido nem chegava aos pés do dele. Até tive medo que ele me penetrasse. Ele soube fazer tudo com muito cuidado, metia e beijava minha orelha, falava que estava gostoso e quente... Quando percebi estava tudo dentro, pressionando meu útero. Perdi a conta do tempo que durou nossa transa naquele dia, mas calculo que foi por quase 6 horas seguidas. Estava entardecendo e tivemos que voltar para a cidade dos e meus pais.Hoje sou casada com um negro que tem um pau lindo, grosso, grande e que me realiza justamente por permitir fantasias Quem quiser manter contato conosco para falar (ou até realizar fantasias) escreva-nos pois somos de bom nível e discretos: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico chupei a bucetinha carnuda da pequenininhachupando meu pau com vibrar contoContos eroticos com cabritoscontos eróticos família assistindo televisão e filho f****** mãeconto peguei meu marido estrupando a vizinhacomi minha sogra e cunhada velha gorda feia contos eróticosconto er seios quadril glandecontoerotico sou madura sou vadiaCornos by contoscontos eroticos proibidos meu tio encheu minha boca de porrapornô grátis boa f***.com só contos preta peituda transando com genrocontos coroas amazonensescontos eroticos sou casada e dei para porteirocontos eroticos minha esposa e nosso casal de amigosContos mulher coloca silicone e vira putaquero ver Márcia cama na buceta e gozando quero ver Márcia cama na buceta e gozando quero ver Márcia acabando a buceta e gozandoMeu corno cherador de cu.conto eróticocontos eroticos eu e minha filha somos as putas do bairro e meu marido sabecontos eróticos esposa de 60anos com farra na camafui pra casa da minha tia ela cuidou de mim conto eroticominha mulher tá ficando conclusão tem alguém comendo contos eróticosConto tomando no cuzinhoesposa bebada e seria sendo chatageada no churrasco contocontos perdeu a virgindademarido no banho contospornômarido massajemdoparao a irma pra fuder e gosaremcontos eroticos o ventoconto erotico minha filha foi dormi na casa do namorado vouto andando de perna abertapornô com magrinha dos peitinho duro e c****** empinadodei a bunda para o torcedor contosSou casada fodida contovi meu afilhado peladocontos gay paiContos sexo velhas professora com novosDona Florinda mostrando a periquita para o professor Girafales ele lamberNovinha e chantageada.contosMe vinguei da minha mãe conto contos pornos mamae carinhosaeu e maninha fudemos gostosoeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocasados contos cdezinha fui mulher do primocontos eroticos, esposa com o.oau no.cu contouminhas amigas e eu contos eróticosmeu pai comeu meu cuzinho dedo do carroContos eroticosque boceta e essa irmafui banha mas meu irmau na pidina e eu dei pra ele xvidio.comcontoseróticossobrinha menininhaconto erotico eu e os meu colegas comemos o cuzinho do guri a forçarelatos e contos eroticos de loira que faz menege na praia de scTava na sala com meu amigo ai minha mulher aparece só de calcinha e pede pra nos dois comer ela casa dos contos eroticoscontos de maetravesti Juliana de primo metendocontos eroticos negona casadafiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibusSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininoCONTO EROTICO CUZINHO CGEIO DE PORRA AOS 13contos eroticos o mecanico fodeu eu e minha amiga conto de irma que viciou em dar o cuzinhoPorn contos eroticas. madura divorciadaxvideo quero que engula essa anaconda sua piranhacontos incestosna infância cunhadavidiopornoPorn contos erotico corooa quue dizia ser crenteVoltei gozada pro meu corninho contocontos - a enfermeira me punhetouconto erotico pensei q era mulhera trois com minha cunhada Contos eróticos incesto teens tomando banho com meu paiconto erótico idosa casada e vizinhocontos cunhada se asanhando na frente do maridominha cunhada solteira ela nunca foi casada ela e a irmã mais velha da minha esposa eu levei ela pro motel eu tirei a virgindade da buceta dela minha cunhada disse pra mim que eu ia sempre eu ia fuder sua buceta conto eróticoconto eróticos sexo entre família gozando dentro da buceta engravida deleconto erótico loira casada traindo marido com cadeiranteComi minha filha dopada conto eroticocache:HhdfV0f1fjgJ://spbgau-kf.ru/m/conto-categoria_4_26_incesto.html vai dar rolê tudo gordona aí tudo mulher gorda só de biquíni bem gordona da bundona bem gorda da bundonaxxxcontos minha namorada fim de semanapone encaxa tudo na morenaSEQUESTRO. E BIG PAU. COM GOZO NO CUna frente a mamãe motel sábado padrastoSentando no colo contoscontos eróticos gay luan pauzudocontos eróticos e de dia em q uma ninfeta que eu odiava dormiu na minha casaContos eroticos Fodendo a prima uiii uiii aiiiGozou dentro contos eroticoscontos de machos que experimentou um boquetemeu paisinho e louco pra mi comer contostrabsei na cozinga virri com pau na minga bucetarelatos minha mulher e o negao aproveitavideo come meu cu e me batepor favorpagando conta cartonsex familiacasei a força contoscontos eroticosminha vizinha amanda