Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRANSANDO NO ESCRITÁRIO

Click to Download this video!

Esta histária é real e aconteceu em 10112003. No meu conto anterior

(boquete no escritário) contei quando a mulher com quem saio e que trabalha comigo,na mesma empresa, chupou meu pau em minha sala, até que eu gozasse toda minha porra em sua boquinha.Sá para recordar, ela tem cerca de 1,73m, pesa menos de 60 Kg, é loira, tem a boca carnuda, mas não grande, seios médios,que cabem direitinho em minha boca, pernas firmes, em resumo UM TESÃO; eu tenho 1,83 m, 82 kg, não sou do tipo fortão, mas com tudo no lugar e tenho

cabelos castanhos. Hoje pela manhã eu resolvi fazer um agrado para ela e lhe

mandei um arranjo de flores, com rosas, coisa que toda mulher adora. Ela

obviamente ficou muito contente e me disse, pelo telefone, que depois

passaria em minha sala para "agradecer". Logo já fiquei de pau duro e passei

o dia imaginando como seria este agradecimento. E as horas passavam e nada

dela aparecer em minha sala. Não conseguia me concentrar no trabalho, pois

sá pensava em como iria come-la, em ve-la chupando meu pau com aquela

boquinha deliciosa, chupar aqueles peitos maravilhosos e aquela buceta

gostosa. No final da tarde, quando não aguentava mais de expectativa, ela

aparece em minha sala, linda, com um vestido tipo tubinho cinza, sapato de

salto vermelho, os cabelos loiros soltos e aquele sorriso lindo. Logo fui em

sua direção e lhe dei um beijo na boca, buscando a sua língua, sugando-a e

passando a mão em sua coxas. Ela apertava meus braços em sua direção, como

que pedindo para agarra-la. Fui em direção à porta e a tranquei, por via das

dúvidas, caso alguém chegasse. Começamos a nos agarrar novamente. Coloquei-a

sentada numa cadeira e iniciei um passeio de minhas mãos em suas coxas,

subia minha boca por seu corpo (a esta altura ela já estava com o vestido

levantado) até que cheguei em seus seios. Comecei a chupa-los, engolia

inteiro, tirava, passava a língua nos biquinhos, apertava, ela delirava,

gemia, até que tirei sua calcinha e comecei a chupar sua buceta. Ah, que

buceta gostosa ela tem. Adoro chupar sua buceta. Enfiava minha língua dentro

dela e com o dedo a massageava, a outra mão apertava seus seios, um pouco em

cada. Ela gemia e dizia - Ai, isso chupa minha buceta....chupa

gostoso,....ai, como tu chupa bem....me levantei e dei pau para ela

chupar...- chupa vagabunda, mama neste pau que é teu... ela abocanhou meu

pau, engolindo sua cabeça e batia um punheta....ela estava se

deliciando...ela me disse - pega a camisinha e vem me comer.... eu

rapidamente puxei uma camisinha que tenho no armário...era a relização de um

sonho, transar em minha sala de serviço, a possibilidade de alguém chegar

era simplesmente excitante....rapidamente encapuzei meu pau..ela ficou de

costas, apoiada na mesa...- vem, me come...antes ainda dei umas lambidas em

sua bunda, passando a língua perto de seu rabinho (que ela ainda não me deu,

ainda...)e enfiei meu pau em sua buceta...peguei-a pela cintura e enfiava

com vontade, apertando seus seios....ela rebolava...querendo que ele

entrasse todo em sua buceta....trocamos de posição..afastei as cadeiras e me

deitei no tapete...ela veio e colocou a buceta em minha boca e eu chupei,

chupei com vontade, apertava sua bunda, seus seios..ela começou a gemer e a

rebolar em minha boca...estava gozando...como ela goza gostoso..seu corpo

inteiro começou a tremer...-ai. vou goza...chupa...ai, tô gozando,...eu

chupava com mais voracidade, como que querendo engoli-la inteira....ela não

parou, desceu sua boca em direção ao meu pau e começou a lamber minhas

bolas, pegando em meu pau... - lambe meu saco gata, lambe... ela ficou

lambendo ele e eu passando me dedo em sua buceta...- senta no meu pau que

vou te fuder...ela sentou, devagarinho, até entrar todo, sentindo as bolas

baterem em sua bunda, curtindo ele todo dentro de sua buceta, na posição que

ela mais gosta - ai, que gostoso, que pau tesudo... - vou te fuder gata, na

minha sala...- me come, me fode toda... comecei a meter meu pau, apertando-a

firme e chupando seus seios..ela dizia - ai, que gostoso..me come...me

come... - gata, como tu é tesuda, tô te fudendo gostoso...- tá, mete

mais...eu metia mais, com mais força, segurando-a pela cintura...o tesão

estava muito alto, não ia conseguir aguentar mais...- vou gozar, vou

gozar...- ela colocou sua mão em minha boca e disse - goza, goza tudo, me

enche com tua porra...não aguentando mais comecei a gozar...meu pau pulsava

dentro da buceta...ela fechou os olhos e gozou junto comigo, me apertando,

eu não parava mais de gozar, gozei como há muito não gozava...ainda ficamos

um tempo nos beijando, como se estivessemos em qualquer outro lugar, menos

no local de serviço, onde qualquer um poderia chegar a qualquer

momento...depois nos despedimos com um beijo quente...agora sá fico

imaginando nossa práxima aventura sexual....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico com o velho padrinhomeu chefe contos eróticocontos eróticos ele me pegouContos-esporrei na comida da cegasogra e nora se lambendo contocontos eroticos fui leva a gostosa da cumade beba na casa delacontos eróticos de submissas lésbicas sendo dominada e falando palavrões pima quostoza dado a buceta para pirmocontos eroticos minha mulher parecia cavaloMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhoscontos eróticos gays cavalgando no tiocontos/meu primeiro broche e fodasobrinha gosta de sentar no colo do seu tio so de vestidocontos e fetiches minha enteada minha perdiçãominha mulher me comeuconto gay caseiro patrao carlosA amiga da minha irma contos eroticosbucetas e bundas gigantes da capital sao paulo em cima do sofaconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos traindo o marido no onibusfeira conto heterofode rebola nele vaiMeus ex primo viuvo rico sou sua mulher conto eroticosexo contos branquinho fode negrocasadoscontos espiando os paiscontos eroticod de gordinhas q gosta de dar o cumeu pai olhava pelo buraco na parede do quarto dele pro meu e se masturbavacontos eroticos sou casada e dei para porteiroContos eroticos primeira vez no puteiroconto de mulheres casadas evangélicacontos sexo a papai vai doer não cabeContos bct larga adoroomeu pai batendo punheta.eu foi fala com ele e ele madou eu bate pra elecontos eroticos linguada no cutia ponha pau torto do sobrinho no cuMeu doutor chupou meu grelinhocontos eroticos dominou toda a minha familiaconto erotico arrombei o travesti do baile funkcache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html ana roludo cenfo cu da coroapuxou minha calcinha de lado e meteu ate o talo na minha boceta contosconto marido coroaa mulher cdza minha mulher quer foder comigo e outro homemputinha submissa do tioTennis zelenogradcontos de mijando na cara da esposa e da amigarelatos eróticos dei aos novea tão sonhada dupla penetração contoConto puta fode com o vizinhoccontos wroticos pai abusando ela nap quwrtres comendo uma mulher e um socando no cu do outro uma filinhaiconto minha vizinha tomou minha mulher de mimcontos eroticos ninfeta detalhadoeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestohomem,fode mulher do cuzao frocho com o pau moleorgia sem pudor contoscontos eroticos de patroa velha pegando empregada chupando boceta ate gozar na bocajaponesa velha buceta griludaconto erotico isso aiiiiiiii olhaconto eróticos com velhinhaconto de comi o cuzinho da minha prima novinha que chorou com a pica grandedei minha buceta pro traficanteconto erótconto lesbicsminha sogra pediu pra ver meu pintoconto erótico com professora de filosofiacontos eroticos transando com a lutadoraacabei de perder meu cabaçoContos eroticos menininhaxvideos suspreendendo o filho[email protected]iniciação contos eroticosfodacommeucunhadoconto viadinhocontos comendo o cuzinho da fazendeiracontos eroticos gay meu pai de vinte e tres anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosContos eroticos esposa novinha com marido e amigo pintudo