Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MÃE ME ENSINOU A TRANSAR II - COMENDO O CÚ

Click to Download this video!

Apás ter saído do banho, minha mãe nem olhou para mim e foi logo dormir, eu também não procurei ela por estar receoso e com vergonha daquele acontecimento. Então fui dormir, na verdade naquela noite não consegui dormir, aquele episádio que havia acontecido há algumas horas atrás não saia da minha cabeça, eu sentia um mistura de culpa e prazer, mas como é de nossa natureza humana, o prazer gritava mais alto e eu não via a hora de foder minha mãe novamente. Na manhã seguinte eu havia acordado e ela já tinha ido trabalhar, não tive a chance de vela, na hora do almoço ela também não apareceu, cheguei a ficar preocupado, achei que ela tinha me abandonado, mas felizmente quando deu 19:00, ela chegou em casa e com um sorriso para mim e disse:

- Filho desculpe eu ter saído tão cedo e não ter vindo almoçar, eu tive que adiantar algumas coisas no trabalho.

Eu olhei para ela e disse:

- Mas hoje é domingo mãe ninguém trabalha dia de domingo.

Ela ainda sorrindo disse:

-Sim, eu sei filho, mas trabalhei para ocupar minha cabeça e refletir sobre alguns acontecimentos e aproveitei para adiantar meu trabalho.

-Mãe eu não ia tocar no assunto, mas já que a senhora se referiu a alguns acontecimentos, tudo que posso pensar e no acontecimento de nossa transa, que por sinal foi muito gostoso.

-É eu sei filho, eu refleti e decidi comigo mesma que isso não seria um relacionamento saudável para nás dois, então não quero fazer mais.

Quando ela disse isso me deu uma tristeza tão grande que não me contive e comecei a ficar com os olhos cheios de lágrimas e logo comecei a chorar. No fundo eu fazia essa de triste porque sabia que ia funcionar, parece que de alguma maneira isso dava na minha mãe uma mistura de pena com tesão, e disse:

-Eu sabia mãe, mas a verdade é que agora eu não consigo mais parar de pensar em sexo com a senhora, eu entendo que isso é errado e para mim é muito constrangedor dizer isso para a senhora, mas não consigo, não penso em pudor, nem em arrependimento nem nada sá no prazer que a senhora me deu e na sua bunda e no sexo anal e naquele boquete...

-Para! Não diga isso filho.

Nesse momento me calei e me sentei no sofá com a cabeça baixa.

-Filho eu sei que foi muito bom e tudo mas não podemos continuar com isso.

-Podemos sim mãe, deixa eu te comer agora.

Quando eu disse isso, ela viu que aquilo que fizemos era um caminho sem volta e também percebeu o quanto eu não ligava para o que ela falava, e que eu não a via mais como mãe e sim como uma amante, uma mulher, uma namorada ou até mesmo uma prostituta.

-Filho não faz isso comigo. A gente não pode fazer isso.

Enquanto ela falava isso, eu tirei meu PAU para fora e disse:

-CAI DE BOCA NESSA ROLA VAGABUNDA.

Ela me olhou com uma cara de ádio, mas logo cedeu e falou.

-Ta bom, se é isso que você quer agora você vai ter. Agora Você vai aguentar as consequências.

Logo depois que ela disse isso, ela caiu de boca no meu CACETE, primeiro ela abaixou minha calça jeans junto com a cueca até o joelho e não tirou minha camisa.Ela começou a cuspir no meu PAU e a encostar a glande do meu CACETE bem na garganta dela, ela engoliu meu pau inteiro e até colocou minhas bolas na BOCA. Vendo aquela cena eu não aguentei e gozei um pouco, ela engoliu tudo. Minha porra misturado com a saliva dela, escorregava pelos seios delas que estavam descobertos, quando ela percebeu isso, tirou a blusa dela ficando apenas com o seu sutiã branco, ela chupava com tanta vontade que eu estava segurando para não gozar tudo na boca dela.

-Assim ta bom Filho?? Será que você aguenta mais umas chupadas?? Agora não vou ter dá vou aproveitar muito esse CACETE.

-Chupa essa ROLA mãe, chupa e cala boca, daqui a pouco quero meter nessa BUCETA.

Depois que eu disse isso, sem pudor algum, deixando meu prazer tomar conta de toda minha racionalidade, ela olhou para mim e disse:

-Você vai ter uma surpresa filho, vou te dar uma coisa melhor que minha BUCETA, você vai gostar muito.

-É mesmo mãe??

-Sim filho mais é surpresa.

Depois que disse isso, minha mãe voltou a chupar meu PAU novamente. Ela chupava com tanta vontade que me deixava louco, eu estava segurando ao máximo para não gozar.

-Deixa eu comer essa BUCETA agora mãe?? Não vou aguentar mais. Se você continuar chupando vou gozar.

-Nããããoo Goza não cachorro, quero pica, quero que você me mete sua PICA.

Depois que ela disse isso, ela tirou meu PAU da boca dela e deu uma cuspida violenta cheio de saliva no meu pau e logo me pediu:

-Senta no sofá cachorro.

-Tá mãe. O que você vai me dar?? Sua Buceta?? Quero muito comer essa BUCETA.

Ela não disse nada. Apenas ficou de costa para mim arrebitando aquele CÚ GIGANTE na minha frente e depois disse:

-Tirá minha calça filho.

-NOSSA QUE BUTÃO GRANDE, ESSE CÚ TÁ ENORME MÃE.

Depois que eu disse isso logo tirei a calça dela e ela ficou apenas de calcinha e em seguida me pediu:

-Posso sentar nesse PAU filho??

-Fica a vontade mãe.

Ela então sentou e começou a mexer de calcinha no meu PAU.

-Nossa que tesão mãe. Que CUZÃO maravilhoso.

-Que bom que você gosta dele filho, vou ficar de RABO para cima para você.

Ela então ficou com o RABO para cima encurvada apioada no sofá, eu então perguntei para ela:

-Posso comer a BUCETA agora mãe??

-Pode filho, mas queria te pedir uma coisa.

-Sim qualquer coisa mãe.

-A surpresa que eu queria te dar era meu CÚ. Eu sei que você já meteu nele, mas meu sonho é dar sá o CÚ. Meu CÚ é muito apertadinho, quero alargar ele, além disso adoro PICA no meu CÚ. Você faz esse favor para a mamãe filhinho?? Você come o CUZINHO da mamãe??

-Porra! Claro mãe, que surpresa maravilhosa essa, eu adorei comer seu CÚ, ele é apertadinho mesmo, vou te ajudar a abrir ele mais. Mãe desculpa falar mas a senhora num tem um CUZINHO não e sim um CUZÃO, esse RABO da senhora é grande demais. Esse BUTÃO gigante me dá um tesão. Eu queria comer a BUCETA também mas vou ficar feliz de meter nesse CÚ. Posso tirar sua calcinha mãe??

-Fica a vontade filho, vou ficar te devendo a BUCETA, pode tirar minha calcinha sim.

Depois que ela disse isso eu tirei a calcinha dela e dei uma chupada naquele CÚ, abri o CÚ dela um pouquinho e cuspi lá dentro, o CÚ dela tava bem lubrificado com meu cuspi mas mesmo assim pedi para ela:

-Mãe, cospe no meu CACETE, joga bastante saliva para mim penetrar nesse seu CÚZÃO.

-Ah sim filho.

-Hum...Humm...Humm.. Ta bom filho? Ou quer mais??

Ela levou meu PAU na garganta dela engolindo meu CACETE o máximo que pode, quando ela foi sair eu segurei bem forte a cabeça dela, ela quase vomitou e com os olhos vermelhos me deu um tapa e disse:

-CACHORRO! Assim você acaba comigo, vai querer mais uma chupada??

-Sim mãe, mas agora engole as BOLAS também, coloca meu PAU na sua garganta.

-Tá bom filho vou tentar mas não força não.

Depois que ela disse isso, com muito custo ela colocou meu PAU na boca dela e levou até a garganta e eu fui coloquei as mãos dela para trás e enfiei minhas bolas na BOCA dela, os olhos dela estavam lacrimejando, e eu sem dá cuspi na cara dela e dei um tapa na cara dela também. E disse:

-Engole PUTA, VAGABUNDA, você é uma VACA, chupa essa ROLA põe na BOCA.

Logo que eu disse isso ela começou a chorar. Eu puxei ela pelo cabelo e a cara dela tava cheia de cuspe meu, meu PAU tava cheio de BABA dela, ela tava até tussindo, e ela me disse:

-Não faz isso filho, você ta me humilhando muito.

-Você é uma VAGABUNDA, agora vou enterrar meu CACETE nesse CÚ, fica de quatro VACA, vira esse CÚ para mim.

Ela ainda com os olhos com lágrimas empinou aquele CÚ e disse:

-Mete CACHORRO! Come meu CÚ agora, FODE, FODE ESSE CÚ.

Eu enfiei de vagar e ela começou a gemer:

-Ai... Assim filho, quero ROLA NO MEU CÚ.vai faz esse anal para a mamãe, come esse CÚ direitinho. [email protected]

Eu comecei a bombar naquele CÚ maravilhoso, eu comecei devagar e logo fui arreganhando aquele CÚ e metendo, ela gemia bem alto, assim:

-Ai... Que PAU DURO, QUE PAU GOSTOSO, METE NO MEU CÚ FILHO, NÃO PARA NÃO, HUM... QUE ROLA GROSSA... HUM... HUM... ... VAI ASSIM METE BEM GOSTOSO. AI MEU DEUS QUERO DAR MEU CÚ...METE NO MEU CÚ FILHO METE, METE PRA MAMÃE, ARREGAÇA MEU CÚ FILHO. ASSIM

- Abre mais esse CÚ mãe.

Eu estava comendo o CÚ de minha mãe, mas até aquele momento não tinha colocado minha ROLA inteira em seu CÙ porque não cabia, então ela me pediu:

-Força mais FILHO Pode colocar esse CACETE inteiro no meu CÚ.

-Tô forçando mas não entra mãe.

-ENFIA MAIS, PODE ENFIAR SEM DÓ.

-Tá bom mãe, toma no CÙ então.

Depois disso eu enfiei tão forte que ela deu um grito e mandou eu tirar, eu então disse:

-Agora que enfiei você vai aguentar no CÚ, não quero nem saber.

-Tá filho mas num judia muito não viu.

-Tá mãe,vou judiar sá um poukinho.

Comecei a comer forte CÚ dela, tava bem difícil de meter, mas com o tempo, á medida que fui bombando no CÙ dela

ele foi ficando mais largo até que dilatou bastante dando para comer razoável.

Fiquei uns 5 minutos metendo no CÚ da minha mãe direto, a saliva que ela tinha colocado no meu PAU já estava acando, ai pede ela para

cuspir mais:

-Mãe cospe no meu PAU põe ele na boca e paga um boquete para lubrificar ele.

-Tá filho põe essa ROLA aqui na minha BOCA, enfia forte na minha boca.

Eu tirei meu PAU do CÚ dela e enfiei direto na boca dela. e ela disse:

-Ai que gostoso, adoro chupar PICA. HUM... HUM...

-Anda mãe, queroarregaçar seu CÚ.

- Perá filho.

MInha mãe colocou meu PAU em sua boca e babou nele bastante, fez uma gargarejo

colocou minhas bolas em sua boca e começou a engolir, eu forcei o rosto dela e ela engasgou

depois disso meu pau ficou todo melado com a baba dela, eu aproveitei e pedi ela para abrir a

boca e dei uma cuspida dentro da boca dela, ela então engoliu, depois dei outra cuspida dentro da

boca dela e ela cuspiu de volta no meu CARALHO e então ela me pediu:

-Agora mete no meu CÚ filho, continua, mete pra mamãe mete.

-Agora mãe.

Comecei a meter bem forte, ela gemia bem alto:

-Ai Filho... Ai meu CÚ... mete vai. Ai Desgraçado... Que tesão... METE NO MEU CÚ

-No Cú Mãe?? Você quer o que no seu CÚ??

-Quero sua PICA,PICUDO da mamãe. Mete forte.

Fiquei uns 19 minutos comendo o CÚ da minha mãe até que ela então disse:

-Não aguento mais filho, goza por favor arregaça, GOZA no meu CÙ.

Não aguentei de tesão vendo ela falar aquilo e:

-Ai VAGABUNDA, TOMA...

GOZEI no CÚ DELA.

-Ai ... Ai ... Ai... MEU CÚ, MEU CÚ.. Meu CÚ

MInha mãe começou a dizer isso e depois:

-Me dá Porra filho.

Ela pegou meu PAU e começou a engolir o resto de porra que tinha, ela engolia

e dizia:

-Ai que delícia, adoro PORRA, é muito gostoso.

Meu PAU foi ficando mole e ela ainda chupava o resto de porra.

E eu disse pra ela:

-Tá bom mãe já mamou demais por hoje.

-É que eu adoro porra filho.

-MAs acabou mãe.

-Acabou nada.

Depois que ela disse isso ela agachou e começou a tirar a minha porra

que estava no CÚ dela e chupou, ela tirava com o dedo e lambia tudo

enfiava o dedo bem profundamente e chupava e depois disse:

-PORRA É MUITO GOSTOSO, OBRIGADO FILHO

-De nada mãe.

Ela então deu um beijo no meu PAU e engoliu ele e depois se levantou e foi pro

banheiro tomar banho.

MEU EMAIL É [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de coroa com novinhovideo para baixa de porno home com olho vexadoalisando a bunda da velhacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Cunhada dormindo com a bundinha descobertacontos eróticos angolanofagei minha mulher com um vibrado conto traiçãovideo porno cu virgem pau grande grosso aiiiii tira ta doendo sai paracontos eróticos menina pequena dá o c* no pedágioConto travesti deu procontos eroticos de incesto mae ver o pau duro do filho fica excitada e grande filhocache:7Bn8n8HDPyEJ://spbgau-kf.ru/mobile/conto_24394_amigo-gay-ensinando-esposa-a-dar-o-cu--parte-3.html elzinha bucetudahomem se alisar em mim no ônibus conto eróticoconto erótico gay taxista manausConto erotico o shorti.ho que meu marido comproucontos eróticos de bebados e drogados gaysbrincadeiras erotica no cu de machoconto erotico noiva chantagiadaminha cunhada uma p*** contos eróticosdeflorar pau grosso punheta enteada contoscontos eróticos fodendo a Minha Mulher Toda GozadaContos eroticos de padrecontos eróticos mulheres sequestradasfudendonosidormindo ao lado conto eróticocontis eroticos gay policial ChapadoConto erotico duas loiras e um gayconto erótico veridico de filho de patrao que comeu a empregada coroacomigo Zinho da minha irmã quando ela estava dormindoeu moro no interior com a minha família depois que a esposa faleceu do meu primo eu me apaixonei pelo meu primo viuvo eu fui morar com ele como sua mulher ele fez três filhos em mim conto eróticocontos potno fui arrombada por fortafocontos de marido bem dotado querendo ver a mulher com duas picas no cu e bucetacontos marca de baton na cueca e esposa ver contoscontos minha cunhada de shortinhos bem curtinhocontos tia com fome de picaminha tia perguntou se eu tava de pau duro - contos eroticosconto levei na conaContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar pes de primasmarido da mae bolina menina contosquis provar contos eróticosconto erotico tia de fio dentalcontos eroticos medica pego no cacetao muito grossoMinha namorada ela mandou minha cunhada abri bem suas pernas ela disse pra eu tirar o cabaço da buceta da minha cunhada conto eroticoContos eroticos no acampamentonovinha peguei no pinto do cachorro relatoscontos de mulheres que gostam de mamar caralhos e lamber conasLiberei minha esposa só pRa negrão contospezinhos suados da minha mae contos eroticoconto quente minha esposa com proprietario da casa pagando aluguelconto erotico gay no trabalho com homemvelho coroa grisalho peludoContos enfiei o dedo no cu do meu marido ma frente do meu amantese você conseguir me pegar pode foder meu cozinho contos eróticos mulheres recatada traindo pela sua atenção contos eroticos esporrei-me toda quando vi a piça do preto vedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhacontos fodendo o cu da Marileneiniciação comendo uma menina bonitacontos gay cu arrombadocontos eróticos velhas com menininhoscontos erotico meu irmao min levou no medicocontos de coroa com novinhocontos gay bdsm minha castracao realTio come sobrinha a força contos eroyicoscontos de coroa com novinhoTennis zelenograd contoConto eritico cunhada safada peituda veiavontos pornos cuidanndo da menininhahomens castigando o c* virgem de uma neguinha e dando tapa na cara jogoconto eróticos comi minha prima mae solteira carenteminha esposa tem 1.60cm d bunda enorme contoscontos eroticos estupradacontos eroticos esposa chupadeiraconto eróticos dei pra meu pai depois de casadaconto erotico pm macho batalhão estocadascontos eroticos espteitando cuecas das mae tia e avosFui tomar conta da minha cunhada piralha e fiz sexo com elarelato de mae dando a buceta para o filhoContos eroticos meninas x gorilascavalo eterrando a pica dura em mulherconto erotico de fui comida pelo amigo do meu esposo insperadamenteperdi meu cabaço para o patrao sobre chantagemeu primo e eu anal mamae e titia contos fotoporno filadaputa faz devagar o teu pau é muito grande sequestrada e arrombada a força contocontos eróticos cudei do meu sogrocontos motorista vez amor com patroa